Mês: agosto 2022

Lula vai à USP e Bolsonaro participa de evento no Palácio do Planalto; confira a agenda dos candidatos


Concorrentes à presidência à República se movimentam para último dia antes do início oficial do período de campanha

Montagem de fotos/Estadão Conteúdo/Presidência da República/Agência Brasil e Agência SenadoMontagem com foto de quatro candidatos
Os quatro principais pré-candidatos à Presidência da República em 2022

Nesta segunda-feira, 15, véspera do início oficial da campanha nas ruas, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) participa de uma aula aberta na Universidade de São Paulo, às 17h. O candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) participa, às 9h, da abertura de uma exposição alusiva ao bicentenário da independência do Brasil, no Palácio do Planalto. Na capital paulista, Simone Tebet (MDB) tem um encontro com empresários do varejo, às 9h, uma reunião de coordenação de campanha, às 14h30, apresentação do plano de governo, às 16h30, e também participa do evento Mulheres na Política, às 19h. O candidato Felipe D’Ávila (Novo) participa de duas transmissões ao vivo, uma às 18h, e outra às 19h30. Os demais candidatos à presidência não divulgaram suas agendas oficiais.

*Com informações do repórter Daniel Lian





Source link

Juros do ‘carnezinho gostoso’ fazem geladeira custar o dobro no Magazine Luiza


Clientes que optam pelo “carnezinho gostoso” do Magazine Luiza podem encontrar algumas surpresas no momento da negociação. Isso porque essa forma de pagamento exige uma entrada de mais de 30% do valor do produto e faz uma geladeira dobrar de preço, de R$ 3,4 mil para R$ 6,8 mil em 18 meses.

Para comprar pelo “carnezinho gostoso”, é preciso pagar uma entrada à vista em qualquer produto. O restante é pago no carnê. O prazo mais comum é dividir em 18 meses, informou reportagem do portal UOL, publicada no domingo 14. O site fez um levantamento de preços de produtos da loja.

No caso de uma geladeira Electrolux frost free inox duplex 371 litros, 110v, que custa R$ 3,4 mil à vista, o consumidor teria que desembolsar R$ 1,4 mil de entrada e mais 18 parcelas de R$ 300 no carnê. No total, sairia por R$ 6,8 mil, uma alta de 96%, segundo orçamento feito por um vendedor da Magalu.

A taxa não é a mesma para todos os produtos. Há alguns em que as condições são melhores. Para um colchão Probel Queen, de molas, com preço à vista de R$ 2,3 mil, a loja pede R$ 700 de entrada, mais 18 parcelas de R$ 135 no carnê. O total fica em R$ 3,1 mil, um aumento de 33%.

Apesar de a taxa básica de juros (Selic) estar em 13,75% ao ano, varejistas têm o hábito de cobrar juros mais altos porque muitas pessoas ou não prestam atenção à Selic, ou não têm outra opção, explicou Adriano Gomes, professor de finanças da ESPM e sócio-diretor da Methode Consultoria.

“Carnezinho gostoso”

No mês passado, a presidente da companhia, Luíza Trajano, fez um apelo aos clientes para irem às suas lojas. “Por favor”, pediu. A empresa acumula sucessivas quedas em suas ações. Ao ressuscitar os antigos carnês, Luíza disse: “Lembra aquele ‘carnezinho gostoso’? Suas compras serão em prestações que você poderá pagar e a gente ainda vai dar um descontinho nos juros. A gente aguarda vocês. Vá o mais rápido possível a uma de nossas lojas”.

Nota da Magazine Luiza

“Os valores apresentados nos exemplos citados não refletem a realidade dos juros de crédito direto ao consumidor (CDC), pelo carnê do Magalu. As principais ferramentas de crédito, no Magalu, são os cartões da empresa — Magalu Card e Cartão Magalu. Eles correspondem a 35% das vendas nas lojas.

Os cartões de terceiros representam outros 35% das vendas. O CDC é uma mais uma ferramenta de crédito usada por quem não tem acesso a cartões. Ele corresponde a apenas 6% das vendas em nossas lojas. Os juros cobrados estão em linha com o mercado.

O foco no cartão de crédito na estratégia do Magalu também foi evidenciado em campanha recente de crédito pré-aprovado, na qual 80% dos clientes eram elegíveis aos cartões da empresa.”





Source link

Carlos Alberto de Nóbrega participa do Sem Censura desta segunda (15)

Carlos Alberto de Nóbrega é o convidado do programa Sem Censura desta segunda-feira (15). Na conversa com a jornalista Marina Machado, o humorista, redator e apresentador fala sobre os quase 70 anos em que ajudou a construir a história do rádio e da televisão brasileira.

Nascido em 1936 na cidade de Niterói, no estado do Rio de Janeiro, Carlos Alberto é formado em Direito pela Universidade Federal do Rio, mas pouco exerceu a profissão. Filho do também humorista Manoel da Nóbrega, começou a carreira como redator escrevendo quadros humorísticos para o programa do pai, na Rádio Nacional, em São Paulo, e, em seguida, para o programa Zilomag Show, no qual passou para a frente das câmeras, ao lado de Ronald Golias, na TV Paulista – Canal 5.

Em 1963, passou a trabalhar na TV Record. Na emissora, a partir de 1966, escreveu, ao lado de Jô Soares, os roteiros da icônica Família Trapo. Na década de 1970, dirigiu diversos programas na extinta TV Tupi e trabalhou na Rede Globo por 11 anos, como redator do programa Os Trapalhões. Em 1987, fez sua estreia no SBT no programa A Praça é Nossa, inspirado na Praça da Alegria de seu pai, em que, sentado num banco de praça, recebe personagens que entraram para a história do humor nacional.

Nesta edição, as debatedoras convidadas são Keila Jimenez, jornalista da Record TV, e Kaká Meyer, radialista da Band TV e Band FM.

O programa Sem Censura vai ao ar às segundas-feiras, às 21h, logo após a novela A Terra Prometida, com transmissão para todo o País em TV aberta por intermédio das emissoras afiliadas à Rede Nacional de Comunicação Pública – TV, gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), e por outras plataformas, como Facebook, Twitter e Youtube, por onde o público pode participar usando a hashtag #SemCensura.

Ao vivo e on demand

Acompanhe a programação da TV Brasil pelo canal aberto, TV por assinatura e parabólica. Sintonize!

Seus programas favoritos estão no TV Brasil Play, pelo endereço play.ebc.com.br ou por aplicativo no smartphone. O app pode ser baixado gratuitamente e está disponível para Android e iOS. Assista também pela WebTV.

Source link

A democracia do imposto – Revista Oeste


(J.R. Guzzo, publicado no jornal O Estado de S. Paulo em 14 de agosto de 2022)

No Brasil desconexo, despótico e disfuncional criado nos últimos anos pela deposição dos poderes Executivo e Legislativo, e a ocupação das suas funções pelo STF, reduzir impostos tornou-se um ato “antidemocrático”. É uma das aberrações mais grosseiras desta marcha batida rumo à degeneração. Numa democracia de verdade, o Estado existe para servir à população; tem de entregar o máximo, e o melhor, pelo menor custo para o cidadão. No Brasil que está sendo fabricado pelos nossos altos tribunais de Justiça, o que vale é o exato contrário. Para salvar a democracia, dizem eles, é a população que tem de servir ao Estado – e qualquer tentativa de aliviar um pouco essa servidão é imediatamente reprimida pela junta judiciária que hoje governa este país. Menos imposto não é mais eficiência; é “populismo”, dizem seus membros. É transferência de renda do Estado para as pessoas, e isso configura crime de demagogia. Na democracia do STF, só se admite que a renda nacional faça o caminho oposto – seja transferida da população para o Estado.

O veto à redução de 35% no IPI é a última comprovação desse disparate. A diminuição do imposto beneficiaria diretamente os brasileiros, ao levar à queda nos preços de centenas de produtos que as pessoas consomem em seu dia a dia. Mas, segundo o governo do Amazonas, e mais um partido anão da extrema “esquerda” que usa o STF como seu escritório de despachantes, a redução geral de preços iria diminuir a vantagem dos produtos fabricados da Zona Franca de Manaus, que custam menos por desfrutarem de isenção fiscal. O governo, então, fez uma lista excluindo da redução de 35% uma série produtos que são montados na Zona Franca – esses continuariam com os preços atuais. Não adiantou nada. Os militantes do imposto exigiram que não se tocasse na alíquota, de jeito nenhum, e o ministro Alexandre de Moraes ficou do lado deles. O Brasil tem 220 milhões de habitantes. O Amazonas tem menos de 4 milhões. É assim que funciona o Brasil democrático do STF.

Não se trata, aí, de uma exceção. É a regra: o Supremo é hoje o inimigo número 1 da redução de impostos, por entender que isso dá “popularidade” a um governo que detesta e quer ver derrotado nas eleições presidenciais de outubro. Não se salva, nem mesmo, a diminuição de tributos que levou a baixar os preços dos combustíveis – algo de interesse absoluto, direto e urgente para o cidadão. O Supremo sabota ativamente a gasolina mais barata, ao dar licença para que os Estados, forçados por lei a reduzir seus impostos sobre os combustíveis, não paguem as dívidas que têm com a União. É a “resistência” ao “autoritarismo”.





Source link

Santos joga mal e é derrotado pelo América-MG na estreia de Luan 


Com o triunfo, a equipe mineira subiu para a oitava colocação, ficando com 30 pontos; Peixe desce para o décimo lugar

FERNANDO MORENO/AGIF – AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDOLuan estreou pelo Santos na derrota para o América-MG
Luan estreou pelo Santos na derrota para o América-MG

O América-MG fez valer o mando de campo e venceu o Santos por 1 a 0 na noite deste domingo, 14, no Independência, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Conseguindo se impor sobre o adversário paulista, o Coelho marcou com Pedrinho, que fez bela jogada individual e estufou as redes de João Paulo, ainda no primeiro tempo. Além de marcar a primeira derrota do Peixe sob o comando de Lisca, o confronto também foi a estre de Luan, meia-atacante que foi emprestado pelo Corinthians ao Alvinegro praiano. Com o triunfo, a equipe mineira subiu para a oitava colocação, ficando com 30 pontos. Com a mesma pontuação, o conjunto da Baixada Santista leva a pior no número de vitórias e ocupa o décimo lugar. Agora, o América-MG concentra suas atenções no São Paulo, adversário da próxima quinta-feira, 18, pelas quartas de final da Copa do Brasil – os são-paulinos ganharam por 1 a 0, no duelo de ida, no Morumbi. O Santos, por sua vez, volta a campo no próximo domingo, quando também recebe o Tricolor paulista.

 

 





Source link

Skaf faz boletim de ocorrência contra suposta fraude


Ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf registrou um boletim de ocorrência no último sábado, 13, pedindo investigação sobre uma suposta fraude envolvendo seu nome como signatário de ‘carta pela democracia’.

Paulo Skaf diz que não assinou a “Carta em Defesa do Estado Democrático de Direito” e alega que seu nome foi incluído no manifesto de forma fraudulenta. O documento foi lido durante ato na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), na última quinta-feira 11.

O caso foi registrado como falsidade ideológica na Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 98º Distrito Policial, Cidade Monções, Zona Sul de São Paulo. A expectativa é que Skaf compareça ao local para prestar depoimento.

Skaf soube da presença de seu nome na carta na última sexta-feira 12, um dia depois do evento de leitura do documento.

Em nota, a Faculdade de Direito da USP confirmou que Skaf foi incluído como apoiador da carta e que retirou o nome do empresário. De acordo com a universidade, os dados utilizados para o cadastro estavam corretos e vieram do número de IP do computador do empresário.

Além de ter presidido a Fiesp, Paulo Skaf foi candidato ao governo de São Paulo em três oportunidades, em 2010, 2014 e 2018. Depois de passagens por PSB e MDB, hoje o empresário é filiado ao Republicanos.

Ato em São Paulo

Divulgado como um evento apartidário, o ato de leitura da “carta pela democracia” na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo registrou manifestações políticas pró-Lula na última quinta-feira 11. O evento teve a presença de sindicatos, coletivos de minorias, professores e advogados membros do Prerrogativas.

Apesar de não mencionar o presidente Jair Bolsonaro (PL), a papelada defende as urnas eletrônicas, fala em “risco às instituições” e tece elogios aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O documento foi assinado por petistas, tucanos, banqueiros, juristas e alguns integrantes da classe artística.

Leia também: “O Brasil que ‘não aguenta’” , artigo de J. R. Guzzo na Edição 125 da Revista Oeste.

Assine a Oeste





Source link

Domingo Especial: pais e filhos ícones da música


É fato que no mundo da música há diversos pais que se inspiram em seus filhos dedicando diversas de suas obras a eles. Além disso, também há aqueles que já crescem envolvidos na música, e que a maioria vai mais longe e segue os passos de seus pais construindo sua carreira musical própria.

Por isso, em homenagem ao Dia dos Pais, separamos algumas parcerias entre pais e filhos, ou filhos que se inspiraram nas carreiras musicais de seus pais. Confira a lista!

Paul McCartney e James McCartney

Imagem de conteúdo da notícia "Domingo Especial: pais e filhos ícones da música" #1

Toque para aumentar

James McCartney nasceu no dia 12 de setembro de 1977 na cidade de Londres. Sendo o único filho do ex-beatle Paul McCartney e Linda McCartney, James já se envolvia na carreira musical de seus pais, aparecendo e colaborando em diversos dos álbuns deles.

Ele chegou a tocar guitarra e bateria nos compilados solo de Paul incluindo “Flaming Pie” (1997) e “Driving Rain” (2001), além de co-escrever algumas canções. No disco lançado em 1997 James tem um momento solo de guitarra elétrica na faixa “Heaven on a Sunday”, e no de 2001 ele co-escreveu as canções “Spinning on an Axis” e “Back in the Sunshine Again” com seu pai, e tocou percussão na primeira música citada e guitarra na segunda.

E não foi apenas com Paul que James colaborou. Ele também tocou a guitarra principal no álbum solo póstumo de sua mãe, intitulado “Wide Prairie” (1998).

Confira um momento icônico em que James McCartney, Sir Paul McCartney e Ronnie Wood apresentam “New York Times” no Teatro Ambassadors, em Londres, em de março de 2013.



Bob Dylan e Jakob Dylan

Imagem de conteúdo da notícia "Domingo Especial: pais e filhos ícones da música" #2

Toque para aumentar

Jakob Dylan é um dos artistas que foi definitivamente influenciado pela carreira de seu pai, Bob Dylan. Ele alcançou sua fama em meados de 1989 como vocalista e principal compositor da banda de rock, formada por ele mesmo, intitulada “The Wallflowers”.

Até mesmo antes disso, ele já havia participado de diversas bandas indie, mas o sucesso veio de fato com os lançamentos dos singles “6th Avenue Heartache” e “One Headlight”, que está em 58º lugar na lista da Rolling Stone das “100 Maiores Músicas Pop”, além de ter ganhado dois prêmios Grammy.

Por volta do ano dos anos 2000, Jakob lançou dois álbuns solo: “Seeing Things” (2008) e “Women + Country”(2010). Esta última coletânea se tornou a mais bem sucedida de Dylan desde o avanço dos Wallflowers em 1996, chegando a 12ª posição na Billboard 200.

Relembre a canção “One Headlight”:



Ozzy Osbourne e Kelly Osbourne

Imagem de conteúdo da notícia "Domingo Especial: pais e filhos ícones da música" #3

Toque para aumentar

Você sabia que o único single nº 1 no Reino Unido de Ozzy Osbourne foi um dueto com sua filha Kelly Osbourne?

Intitulado “Changes”, o single foi originalmente lançado pela banda de heavy metal Black Sabbath em 1972, na qual Ozzy era o vocalista. Depois de três décadas, o artista e sua filha ,Kelly, gravaram uma nova versão com as suas próprias vozes e a letra reformulada falando sobre os momentos da vida deles entre pai e filha..

Além de alcançar o topo do ranking no Reino Unido, a nova versão atingiu o Top 20 em países como Alemanha, Irlanda e Noruega. A obra também o single nº 7 do ano de 2003, de acordo com a Official Charts.

Confira:



Michael Jackson e Paris Jackson

Imagem de conteúdo da notícia "Domingo Especial: pais e filhos ícones da música" #4

Toque para aumentar

Paris Jackson foi outra artista que também decidiu seguir carreira musical ao se inspirar em seu pai, Michael Jackson. A segunda filha do Rei do Pop lançou no final de 2020 o primeiro single de sua carreira, intitulado “Let Down”.

“Esta música significa muito para mim porque, embora seja uma pequena parte de uma história muito maior, coloquei meu coração e minha alma nela”, escreveu Paris em uma publicação no Instagram na época da estreia.

Relembre o sucesso da artista:



Billy Ray Cyrus e Miley Cyrus

Imagem de conteúdo da notícia "Domingo Especial: pais e filhos ícones da música" #5

Toque para aumentar

E é claro que para encerrar a lista não poderia faltar a cantora Miley Cyrus e seu pai, o cantor country Billy Ray Cyrus. A artista também se inspirou na carreira de Billy, que entrou para a indústria fonográfica com o sucesso do seu álbum de estreia “Some Gave All” em 1992.

A primeira experiência de Miley com a música foi quando ela tinha 13 anos e fez o teste para a série de televisão do Disney Channel Hannah Montana. Inclusive, Billy também fez o papel do pai da protagonista, interpretada por Miley. Daí em diante foi hit atrás de hit, que acabou alavancando de vez sua carreira musical até os dias de hoje, sendo extremamente reconhecida e premiada nos mais cobiçados eventos.

Uma curiosidade é que todos os irmãos maternos da cantora são artistas estabelecidos. Trace Cyrus é vocalista e guitarrista da banda pop eletrônica chamada Metro Station; Noah Cyrus é atriz e junto com Braison Cyrus, modela, canta e compõe canções.

Assista a performance da dupla cantando juntos “Butterfly Fly Away” no vídeoclipe oficial do longa “Hannah Montana: The Movie!”:



Veja também:

DICAS DA SEMANA (08/08 A 12/08)

AS 5 CAPAS DE ÁLBUM MAIS ICÔNICAS DA HISTÓRIA



Source link

Candidíase recorrente: aprenda a se prevenir


Publicado em:
Última atualização:

Como uma floresta tropical, a vagina é um ecossistema complexo e delicado, lar de uma quantidade infinita de micro-organismos – tanto “bons” como “maus” – incluindo o fungo Candida albicans. Esse fungo, muito comum, reside na vagina de metade de todas as mulheres. No entanto, se o ecossistema entrar em desequilíbrio, os fungos podem se expandir, causando coceira, ardência e dor – a tão famosa candidíase.

A doença afeta 75% das mulheres no Brasil e pode surgir em diferentes fases da vida. Entretanto, caso a mulher apresente mais de quatro episódios por ano, o problema passa a ser chamado de candidíase recorrente. Ainda que mudanças na alimentação e nos hábitos sejam eficazes, o tratamento deve ser realizado com o auxílio de um ginecologista. Dessa forma, o médico pode analisar a incidência e a gravidade do problema, indicando o melhor caminho para tratá-lo.

A sua candidíase é recorrente? Mantenha-se livre de infecções, ficando atenta a estes conselhos!

O que é candidíase?

A candidíase pode provocar coceira, ardência e corrimento genital. (Imagem: Piotrekswat/iStock)

O corrimento espesso e a irritação intensa provocados pela candidíase vaginal afligem a maioria das mulheres em alguma fase da vida. Com menos frequência, os homens também podem desenvolver candidíase genital, embora não apresentem qualquer sintoma aparente.

Pequenos microrganismos inofensivos vivem de forma harmônica no revestimento da vagina, do trato digestivo e da pele. Esses germes benéficos auxiliam a digestão, combatem os patógenos e ajudam o organismo a fabricar nutrientes essenciais. A vagina é um meio úmido e aquecido, muito propício à proliferação de vários fungos, principalmente Candida. Assim, quando há um desequilíbrio na microbiota vaginal, pode ocorrer o crescimento excessivo de microrganismos, especialmente a Candida albicans.

À medida que o fungo se multiplica, um corrimento branco e espesso, semelhante ao coalho de leite, é eliminado e a região genital externa apresenta prurido e fica inflamada, o que pode causar ardência ou dor durante a relação sexual. Além disso, o corrimento branco também pode apresentar um odor mais forte, principalmente em casos de candidíase recorrente.

O que causa a candidíase?

candidíase recorrente
A Candida é um microrganismo inofensivo quando o pH genital está equilibrado. (Imagem: iLexx/iStock)

A candidíase benigna pode aumentar descontroladamente quando o pH ou o equilíbrio entre as bactérias e fungos na vagina é alterado. Variações hormonais da gravidez ou decorrentes do uso de anticoncepcional costumam alterar o pH vaginal, ocasionando a candidíase. O uso de antibióticos também pode causar candidíase, ao eliminar as bactérias benéficas que impedem a multiplicação desregrada de Candida.

A candidíase também pode ser desencadeada pela debilidade do sistema imunológico acarretada por estresse, privação de sono, quimioterapia, AIDS e diabetes. Além disso, usar roupas íntimas de tecido sintéticos como náilon, jeans apertados, tampões desodorizantes ou duchas pode aumentar o risco de infecção.

Como alimentos podem ajudar na candidíase recorrente

Faça da alimentação a sua aliada! O aumento dos níveis de bactérias probióticas no organismo pode impedir o crescimento excessivo de Candida na vagina. Essa microbiota benéfica ajuda a manter o meio ácido que impede a multiplicação descontrolada desse fungo irritante. Confirmando a crença popular, algumas contatações clínicas sugerem que o consumo de quantidades apropriadas de iogurte com culturas de bactérias ativas como Lactobacillus acidophilus, ajuda a aliviar os sintomas de candidíase e a diminuir o risco de infecções frequentes.

Como as bactérias probióticas se desenvolvem em açúcares não-digeríveis, conhecidos como fruto-oligossacarídeos (FOS), o consumo de mais FOS pode favorecer o crescimento das bactérias benéficas. Acredita-se que esses compostos alimentam a microbiota benéfica, aumentando e favorecendo seu crescimento no organismo.

O alho parece ser um agente natural potente contra essa infecção; estudo in vitro com animais indicam a capacidade do bulbo inibir o crescimento da Candida albicans, o microrganismo responsável pela candidíase. Acredita-se que a alicina, substância altamente ativa que confere ao alho seu cheiro característico, seja responsável pela atividade antifúngica desse vegetal.

Ao aumentar a imunidade, a vitamina C ajuda a prevenir a candidíase. Há indícios de que essa vitamina, abundante nas frutas e no pimentão, estimula os leucócitos que combatem a infecção e fortalecem as defesas imunológicas. De acordo com estudos laboratoriais, um composto extraído da pimenta-de-caiena, CAY-1, pode vir a ser um poderoso aliado no combate a uma série de micróbios, incluindo o fungo que desencadeia a candidíase. O CAY-1 é um agente natural de proteção da pimenta-de-caiena contra os fungos do habitat tropical. Em princípio, o composto não apresentou efeitos tóxicos em células humanas.

A nutricionista Waleska Silveira esclarece alguns alimentos que podem prevenir a candidíase recorrente e como funciona a atuação deles no organismo:

Veja também: Descubra como a alimentação pode ajudar a combater a azia.

Formas de evitar a candidíase recorrente

O verão é a época mais propícia para o surgimento da candidíase, em decorrência da umidade e do uso frequente de roupas de banho. (Imagem: AlexZabusik/iStock)

Para as peças íntimas, prefira algodão

Esqueça a onipresente lingerie de náilon e dê preferência às antiquadas calcinhas de algodão, que deixam o ar entrar e impedem que os fungos se reproduzam. E sempre use calcinha por baixo da meia-calça.

Mantenha a região perianal seca

Depois de um banho, use um secador, na opção mais fria (para não se queimar), secando a área vaginal antes de se vestir. E troque o maiô molhado o mais rápido possível. Fungos adoram ambientes úmidos.

Limpe-se de maneira correta

Depois de evacuar, limpe-se da frente para trás, nunca de trás para a frente. Uma das teorias sobre candidíase é que bactérias chegam à vagina vindas do reto e descontrolam o sistema que mantém os fungos em equilíbrio.

Tome iogurte

Alguns estudos sugerem que consumir diariamente 240 ml de iogurte que contenha culturas vivas de bactérias ativas ajuda a manter um ambiente vaginal saudável, reduzindo assim o risco de infecções de repetição.

Evite corantes e perfumes

Não use papel higiênico, absorvente ou tampões coloridos ou perfumados, pois todos eles podem romper o ambiente normal da vagina.

Evite a maioria dos “produtos femininos”

Depois de comprar seus absorventes e tampões, saia da seção de produtos femininos. Não há necessidade de aplicar duchas, talcos ou sprays, que podem irritar a área genital.

Controle a glicemia

Se você já fez pão em casa, sabe que, para que a massa do pão cresça, o fermento precisa de açúcar. Por esse motivo, mulheres diabéticas são muito mais vulneráveis a ter candidíase.

Siga uma dieta de baixo índice glicêmico

Assim como as mulheres diabéticas apresentam mais tendência a ter candidíase, as que são resistentes à insulina também têm. Essa condição acontece quando as células ficam resistentes à insulina, elevando a taxa de açúcar no sangue a níveis inaceitáveis.

Alimentos preparados com açúcar, xarope de glicose de milho, rico em frutose, e farinha de trigo induzem resistência à insulina porque elevam a glicemia. Dessa forma, a maioria dos produtos de panificação encontrados em mercados, bem como bolachas, biscoitos, salgadinhos e bebidas açucaradas causam esse efeito. Além disso, o arroz branco, tão presente na mesa dos brasileiros, também pode ser um vilão.

Dê preferência a alimentos com baixo índice glicêmico, que têm menor efeito na glicemia. Estes incluem alimentos com alto teor de fibras, como hortaliças, feijões e grãos integrais. As gorduras boas do azeite de oliva, dos frutos oleaginosos, como nozes e sementes, e do abacate também podem ajudar, assim como alimentos com proteína magra.

Uso de medicamentos e candidíase

candidíase recorrente
Seu ginecologista pode ajudar a equilibrar sua flora vaginal. (Imagem: YakobchukOlena/iStock)

Até 30% das mulheres em tratamento com antibióticos estão propensas a infecções por fungo. Isso porque, esses medicamentos podem matar bactérias boas que mantêm a flora vaginal equilibrada. Dessa forma, se você estiver se tratando com antibióticos e for propensa a ter candidíase, pense em tomar um suplemento probiótico (suplemento de bactérias “benéficas”). Lactobacilos ajudam a manter o equilíbrio da flora vaginal. Ainda assim, você pode optar por tomar, todos os dias, uma xícara de iogurte com culturas vivas de bactérias ativas.

Também tenha sempre à mão um creme ou óvulo antifúngico (miconazol ou clotrimazol) para usar ao primeiro sinal de coceira na vagina. Mas, para isso, consulte o seu ginecologista para ter recomendações de medicamentos confiáveis.





Source link

Tudo o que você gostaria de saber sobre o café


O artigo desta semana de Evaristo de Miranda para a revista Oeste fala de uma obsessão dos brasileiros: o café, presente no nosso país desde 1727. Nós acordamos para o café da manhã, marcamos um café com os amigos, terminamos a tarde com um café com bolo.

O artigo de Evaristo explica detalhes sobre as duas principais espécies da planta, o teor de cafeína de cada uma, o número de cafeeiros plantados no Brasil (4 bilhões!), revela os principais estados produtores. Conta quais países são nossos principais importadores, confirma que somos os principais produtores. Mas o vice-campeão é uma surpresa.

“A cafeicultura brasileira é sustentável”, destaca Evaristo de Miranda. “Com tecnologias, fertilização sofisticada e irrigação, a cafeicultura aumentou a sua produtividade. Utiliza menos terra e produz mais. Para cada hectare de café há cerca de 50 toneladas de carbono estocados em reservas legais e áreas de preservação nas fazendas”.

Desde que apreciado com alguns cuidados (como não ser tomado em jejum), o café só traz benefícios. “Uma xícara de café é um prazer sensitivo, estimula a criatividade e a produtividade, aguça os sentidos, auxilia na digestão e perfuma o ambiente”, conclui Evaristo.

Assine a Oeste





Source link

Record TV vaza chamada de Vitória como substituta de Chamas da Vida e apaga a publicação


A reprise de Vitória (2014-2015) se tornou uma lenda urbana na Record TV. A história de Artur e Diana foi adiado em duas ocasiões oportunas: quando houve o massacre no colégio em Suzano no ano de 2019 e devido a repercussão negativa na segunda tentativa de sua reexibição devido à temática neonazista explorada no núcleo secundário.

No entanto, a Record TV Goiás divulgou a trama de Cristianne Fridman no perfil do Twitter e apagou logo em seguida, o que acabou gerando desconfiança dos seguidores e dos noveleiros. Atualmente, a segunda reexibição de Chamas da Vida (2008-09) está se aproximando da reta final e no momento, a emissora paulista ainda não anunciou a sua substituta, apostam que A Escrava Isaura (2004-05) deve ocupar essa faixa com um final inédito.

A audiência da trama de Carolina e Pedro registra entre 4 e 5 pontos na Grande São Paulo, garantindo a vice-liderança, segundo dados do Kantar Ibope. Já na capital carioca, a novela chega a picos de 7 pontos, ampliando vantagem contra o SBT que exibe nesse mesmo horário, o Fofocalizando.



Source link