Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Polícia investiga corrupção em Petrópolis depois de chuvas

A Polícia Civil e o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) fazem hoje (12) uma operação contra suspeitos de fraudes na contratação de uma empresa em Petrópolis, depois das chuvas que deixaram mais de 230 mortos na cidade da região serrana fluminense.

Segundo a Polícia Civil, o dirigente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes (CPTrans) aproveitou o estado de calamidade do município para contratar, sem licitação, uma empresa para prestar serviço de mão de obra.

O valor cobrado pela nova empresa era maior que o dobro daquele que vinha sendo praticado pela antiga prestadora de serviços, de acordo com a Polícia Civil. Estima-se que a contratação gerou um prejuízo superior a R$ 500 mil.

A Operação Clean, desencadeada hoje, cumpre 13 mandados de busca e apreensão em endereços ligados a funcionários da CPTrans e de empresários.

Por meio de nota, a prefeitura de Petrópolis informou que o diretor da CPTrans e outras pessoas citadas na operação já foram afastadas.

“A prefeitura é a maior interessada em apurar os fatos e abriu processo para apurar o caso imediatamente após deflagrada a operação”, informa a nota divulgada pela prefeitura.

Source link

Cônsul da Alemanha no Rio é preso por suspeita de matar marido

O cônsul da Alemanha na cidade do Rio de Janeiro, Uwe Hahn, foi preso ontem (6) em flagrante por suspeita de matar seu marido, o belga Walter Henri Maximilien Biot, de 52 anos. Biot foi encontrado morto na cobertura onde morava, em Ipanema, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro.

A Polícia Militar foi acionada inicialmente para verificar uma ocorrência de morte por “mal súbito” no local. Posteriormente, no entanto, peritos constataram a existência de lesões pelo corpo de Biot, por isso, um inquérito foi aberto pela Delegacia do Leblon (14ª DP).

Segundo a Polícia Civil, em depoimento Uwe Hahn negou que tenha matado o marido e manteve a versão da morte por mal súbito.

Source link

Sambódromo do Rio terá desfile de blocos de rua em julho de 2023

O Sambódromo do Rio de Janeiro receberá, em julho do ano que vem, um carnaval fora de época, com blocos de rua da cidade. Segundo os organizadores, o evento, chamado CarnaRio, está previsto para 15 e 16 de julho de 2023 e deverá ter 12 horas de desfiles em cada dia.

Os blocos percorrerão toda a Marquês de Sapucaí, do Setor 1 até a Praça da Apoteose. Será possível desfilar junto com os blocos, na avenida, ou apenas assistir.

A expectativa é que o CarnaRio passe a integrar o calendário oficial de eventos anual da cidade e que reúna 80 mil pessoas em seu primeiro ano. A partir de 2024, os organizadores já esperam ampliar o público e realizar o evento em mais fins de semana do mês.

O evento será privado, organizado pelas empresas V3A, Dream Factory e K7a4, mas deverá contar com apoio da prefeitura.

Source link

IGP-M desacelera e chega a 0,21% em julho

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), indicador usado no reajuste dos contratos de aluguéis no país, ficou em 0,21% em julho deste ano. A taxa é menor à registrada no mês passado (0,59%) e a de julho de 2021 (0,78%).

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o índice acumula taxa de 8,39% no ano. Em 12 meses, o acumulado é de 10,08%, abaixo dos 33,83% acumulados em julho do ano passado.

A queda da taxa de junho para julho foi puxada pelos três subíndices que compõem o IGP-M. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede o varejo, registrou deflação (queda de preços) de 0,28% em julho ante uma inflação de 0,71% no mês anterior.

A inflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), que avalia o atacado, caiu de 0,30% em junho para 0,21% em julho. Já a taxa do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) recuou de 2,81% para 1,16% no período.

Source link

Vendas no varejo crescem 0,1% em maio, diz IBGE


O volume de vendas no comércio varejista teve variação positiva de 0,1% na passagem de abril para maio. Esta foi a quinta alta consecutiva do indicador. Apesar disso, o ritmo de crescimento vem caindo desde janeiro, quando houve um aumento de 2,3% no volume.

Em fevereiro e março, as taxas chegaram a 1,4%, enquanto em abril, o setor cresceu 0,8%. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Na média móvel trimestral, o comércio varejista teve alta de 0,7%. No acumulado do ano, o setor cresceu 1,8%.

Por outro lado, houve queda de 0,2% na comparação com maio de 2021 e de 0,4% no acumulado de 12 meses.

Na passagem de abril para maio, seis das oito atividades do varejo tiveram alta: livros, jornais, revistas e papelaria (5,5%), artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria (3,6%), tecidos, vestuário e calçados (3,5%), combustíveis e lubrificantes (2,1%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (2%) e hiper, supermercados, produtos  alimentícios, bebidas e fumo (1%).

Duas atividades tiveram queda: outros artigos de uso pessoal e doméstico (-2,2%) e móveis e eletrodomésticos (-3%).

A receita nominal cresceu 0,4% de abril para maio, 2,8% na média móvel trimestral, 17% na comparação com maio de 2021, 16,8% no acumulado do ano e de 13,6% no acumulado de 12 meses.

Varejo ampliado

O varejo ampliado, que também inclui materiais de construção e veículos, teve crescimento de 0,2% de abril para maio. Os veículos, motos, partes e peças tiveram queda de 0,2%, já os materiais de construção recuaram 1,1%.

O segmento do varejo ampliado teve queda de 0,7% na comparação com maio de 2021. Foram registradas altas de 1% no acumulado do ano e de 0,3% no acumulado de 12 meses.



Source link

Planos de saúde terão consultas ilimitadas para psicologia e fono

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) aprovou o fim da limitação ao número de consultas e sessões com psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais.

Agora, os planos de saúde terão que oferecer cobertura ilimitada para pacientes com qualquer doença ou condição de saúde listada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), segundo informações da ANS.

A decisão, tomada ontem (11) em reunião extraordinária da diretoria colegiada da agência, foi divulgada pela assessoria de imprensa da ANS. A nova resolução deve começar a valer a partir de 1º de agosto deste ano.

Médico do paciente

Com isso, serão excluídas as diretrizes de utilização para consultas e sessões com esses tipos de profissionais. O atendimento passará a considerar a prescrição do médico do paciente.

A ideia foi “promover a igualdade de direitos aos usuários da saúde suplementar e padronizar o formato dos procedimentos atualmente assegurados, relativos a essas categorias profissionais”.

No dia 1º de julho, a ANS já havia tornado obrigatória, para pacientes com transtornos globais do desenvolvimento, a cobertura de qualquer método ou técnica indicada pelo médico.

Source link

Competição de “hackers do bem” abre inscrições no Rio de Janeiro

O Rio de Janeiro recebe em setembro deste ano a 5ª edição do Hacking.Rio. O evento é autointitulado o maior hackathon da América Latina, tipo de competição que reúne programadores de computação para tentar solucionar desafios propostos.

Na edição deste ano, que acontece de 1º a 4 de setembro, o Hacking.Rio tentará buscar soluções para desafios relacionados aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). As inscrições seguem abertas até 10 de agosto e podem ser feitas por meio do site da Hacking.Rio.

“Nossa primeira edição do Hacking.Rio foi em 2018, com ‘hackers do bem’, desenvolvedores, programadores, designers, para a gente desenvolver uma solução inovadora para um problema real da sociedade, do mercado. Nessa 5ª edição, os desafios são relacionados aos 17 ODS da ONU”, explica a fundadora do Hacking.Rio, Lindalia Junqueira.

Podem participar equipes, mentores, instituições de ensino e comunidades tech do Brasil e do exterior.

Formato híbrido

Este ano, pela primeira vez depois do início da pandemia de covid-19, o Hacking.Rio será realizado em formato híbrido, com participação presencial e on-line. As equipes terão 42 horas para apresentar suas soluções aos desafios propostos.

Os vencedores receberão o prêmio máximo de R$ 25 mil. Já os que ficarem em segundo e terceiro lugares terão premiações de R$ 15 mil e R$ 10 mil, respectivamente.

Source link

PF faz ação contra grupo especializado no envio de drogas para Europa

Policiais federais cumprem hoje (9) três mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão contra suspeitos de despachar cocaína para a Europa através da ilha portuguesa da Madeira. Os mandados da Operação Conexão Madeira foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Federal (PF), o grupo usava passageiros de avião, que embarcavam rumo à Ilha da Madeira, com cocaína em suas bagagens. A partir do Aeroporto de Funchal, os passageiros pegavam voos para Barcelona, na Espanha. Como ambos países pertencem à zona Schengen (área de livre circulação de pessoas que envolve a União Europeia e outros países do continente), o voo entre Madeira e Barcelona é considerado doméstico.

Com isso, de acordo com a PF, o grupo evitava a fiscalização portuária. A investigação começou este ano, depois da prisão, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Tom Jobim/Galeão) de um casal com 5,2 quilos de cocaína. Eles tinham como destino a ilha portuguesa.

A partir daí, os investigadores conseguiram identificar outros três acusados de participar do esquema. Um deles foi preso hoje, na comunidade do Vidigal, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Ele estava, segundo a PF, com cocaína e haxixe embalados e prontos para serem despachados por “mulas” (os passageiros que levam a droga de um país para outro).

Outros dois alvos ainda não foram localizados. Um deles está na Europa, segundo a PF.

Source link

Inflação para famílias com renda mais baixa é de 0,62% em junho

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com renda de até cinco salários mínimos, ficou em 0,62% em junho deste ano, percentual acima dos observados em maio (0,45%) e em junho do ano passado (0,60%).

Segundo dados divulgados hoje (8), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o INPC acumula 5,61% no ano e 11,92% em 12 meses.

Inflação

Em junho, o INPC ficou abaixo do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país: 0,67%. Apesar disso, nos acumulados do ano, o IPCA apresentou valores mais baixos: 5,49% no ano e 11,89% em 12 meses, respectivamente.

Em junho último, os produtos alimentícios medidos pelo INPC tiveram inflação de 0,78% ante 0,63% de maio. Os não alimentícios registraram 0,57% em junho ante 0,39% em maio.

Source link

Indicador Antecedente de Emprego da FGV sobe 1 ponto

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), teve alta de 1 ponto de maio para junho. Com isso, ele registrou a terceira alta consecutiva e atingiu 81,9 pontos, o maior nível desde novembro do ano passado (83 pontos).

Em médias móveis trimestrais, o Iaemp avançou 2,3 pontos e atingiu 80,8 pontos. O indicador busca antecipar tendências do mercado de trabalho nos próximos meses, com base em entrevistas realizadas com consumidores e com empresários da indústria e dos serviços.

Cinco dos sete componentes do Iaemp contribuíram para a alta, com destaque para tendência dos negócios da indústria. Pelo lado negativo, a principal contribuição veio do indicador de situação atual dos negócios de serviços.

Source link