Thaís Garcez

Como controlar a diarreia com soluções caseiras e chás

Publicado em:
Última atualização:

Não há nada sutil na diarreia. Você pode apresentar um episódio de repente, do nada. Talvez a diarreia melhore rápido ou talvez dure vários dias. E certamente vai atrapalhar a sua vida – as chances são de que você não vá a lugar algum até que diminua.

O que causa diarreia?

As causas mais comuns são intoxicação alimentar, mudança nos hábitos alimentares ou viagens a países cuja água e comidas exóticas o corpo estranha. Outras causas são infecções virais, bacterianas ou parasitárias, bem como estresse e intolerância alimentar. Felizmente, a maioria dos casos é de pouca gravidade e passa rapidamente. Além disso, diversos itens úteis na sua despensa podem contribuir para uma recuperação mais rápida.

Infecções virais, bacterianas e parasitárias

Infecções virais e bacterianas causam diarreia intensa e repentina que, geralmente, está acompanhada de outros sintomas como náuseas e vômitos, dor de cabeça, febre, calafrios, perda de apetite e dor abdominal e muscular.

No caso das infecções parasitárias, o paciente costuma apresentar um quadro de diarreia constante e os demais sintomas relacionados demoram mais tempo para surgir e podem perdurar.

Remédios

Alguns medicamentos também podem provocar uma diarreia pontual. Contudo, dependendo do tipo e com que frequência são utilizados, o paciente pode apresentar diarreia constante. Por isso, é sempre bom manter um diário para anotar possíveis reações. Antibióticos, laxantes, remédios para o câncer e antiácidos contendo magnésio são alguns dos medicamentos que podem causar diarreia.

Intolerância alimentar

Pessoas que sofrem com algum tipo de intolerância alimentar podem ter diarreia caso consumam frequentemente esses alimentos. Para saber mais sobre alergia alimentar, sensibilidade ou intolerância, veja a nossa matéria completa sobre o assunto!

Soluções caseiras para a diarreia

Antes de pensar em interromper a diarreia, é importante que você saiba que ela é um mecanismo de defesa do corpo contra substâncias nocivas. Por isso, você não deve vê-la como uma vilã, mas deve sim ficar atento. Afinal, ela pode causar desidratação, além de também poder ser sinal de que algo mais sério está ocorrendo.

Como explicado acima, a diarreia é um mecanismo de defesa, sendo assim, resista à tentação de correr até a farmácia e comprar um medicamento antidiarreico de venda livre.

O recomendado é comer o mínimo possível e beber muito líquido enquanto estiver com a famosa “dor de barriga”. As melhores bebidas são as isotônicas, que contêm eletrólitos que repõem os líquidos, evitando a desidratação.

Soro caseiro, suco de cenoura com água e chá ou mate também ajudam a repor os sais e minerais perdidos com a diarreia. Mas caso opte pelos sucos, evite os feitos com frutas cítricas e outros que não sejam transparentes, porque o ácido pode irritar os intestinos já inflamados. Comece com pequenos goles e siga até beber um copo a cada meia hora.

Quer saber mais formas de como controlar a diarreia? Confira outras soluções caseiras que podem ajudar.

Receita de soro caseiro

O soro caseiro é uma excelente forma de manter o corpo hidratado. O ideal é beber a mistura durante o dia para se certificar de que está repondo os líquidos eliminados pela diarreia.

Se uma infecção bacteriana for a causa da diarreia, o vinagre de maçã pode ajudar a conter o problema, graças às suas propriedades antibióticas. Além disso, alguns especialistas em remédios populares afirmam que o vinagre de maçã contém pectina, que ajuda a reduzir os espasmos intestinais.

O arroz branco comum é conhecido pelos seus efeitos “de prender” os intestinos. Coma pequenas porções de arroz branco, sem gordura, até a diarreia estar sob controle. Aproveite e anote algumas dicas para preparar um arroz soltinho e sem gordura.

Muitas culturas usam o mel como uma cura para a diarreia. Portanto, misture quatro colheres (sopa) de mel numa xícara de água quente, deixe esfriar e beba. É muito doce, mas eficiente.

Ingredientes:

  • ½ colher (chá) de sal
  • ½ colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 4 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 litro de água

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes numa jarra até dissolver e beba sempre que necessário. Tente tomar até três litros por dia.

Chás para a diarreia

Alguns chá podem ajudar no tratamento da diarreia. (Imagem: Butsaya/iStock)

Chá de casca de laranja

Um tradicional remédio para combater a diarreia e uma ajuda para a digestão em geral, a casca da laranja estimula a digestão. Você precisa de laranjas orgânicas para este preparado – as convencionais podem conter corantes e pesticidas. Descasque uma laranja e pique a casca em pedaços bem pequenos. Em seguida, coloque numa panela e cubra com um litro de água fervente. Feche a panela e deixe de molho até esfriar. Por fim, coe, adoce com mel e beba.

Chá de camomila

Este chá, reconhecido por seus suaves poderes de relaxamento, também acalma crises de diarreia. Ele ataca o problema em duas frentes, por meio de compostos que aliviam os espasmos intestinais e combatem a inflamação. Para preparar, use dois sachês de chá de camomila por xícara de água fervida. Deixe ficar de molho, coberto, por 15 minutos. Beba uma xícara três vezes ao dia enquanto o problema não cessar. Conheça outras dicas caseiras para distúrbios gastrointestinais.

Chá de alcarávia

Para acalmar os espasmos intestinais e o desconforto que acompanham a diarreia, tente beber chá de alcarávia. Prepare-o adicionando uma colher (chá) de sementes de alcarávia a uma xícara de água fervente, cubra e deixe ficar de molho durante 15 minutos. Coe numa peneira ou num pano fino antes de servir.

Chá-preto

Já os taninos no chá-preto têm ação adstringente na mucosa dos intestinos, o que ajuda o corpo a absorver líquidos e acalma a inflamação intestinal. Porém, use chá-preto descafeinado, pois a cafeína desidrata.

Chá de amora-preta

As folhas de chá de amora-preta e de framboesa em especial são elogiadas pelos herboristas por sua capacidade de aliviar a diarreia. Escolha, porém, chás feitos de folhas reais. Chás vermelhos, como o rooibos, podem acalmar os espasmos no cólon. Conheça outros benefícios incríveis dos chás.

Quando procurar o médico?

Você deve procurar o médico se a diarreia durar mais de 24 horas. No entanto, se você tiver algum dos sintomas abaixo, procure um serviço de emergência imediatamente:

  • Dor, febre ou sangue ou muco nas fezes;
  • Diarreia persistente ou incapacidade de diagnosticar sua causa;
  • Início de desidratação (os sintomas incluem sede permanente, urina escura, boca seca, fadiga, fraqueza ou calafrios).

Source link

15 erros que podem condenar o seu currículo


Publicado em:
Última atualização:

Na hora de construir o seu currículo, é preciso prestar atenção em alguns detalhes. Porque ele pode ser o fator principal entre a aprovação ou a rejeição em uma vaga. E o pior é que a maioria das pessoas cometem esses erros sem nem ao menos percebê-los. Confira alguns dos 15 principais erros na hora de construir o currículo:

1. Cometer erros gramaticais

Se o seu recrutador identificar um erro gramatical em seu currículo, pode apostar que as suas chances reduzirão bastante. Antes de enviar o currículo, revise todo o texto com muito cuidado.

2. Escrever demais

Os recrutadores não estão interessados em sua redação ao analisar o seu currículo. Portanto, no documento, seja o mais sucinto possível ao descrever as suas atribuições, habilidades e objetivos.

3. Não revisar erros de digitação

Pode ser que você acerte na gramática, mas e os erros de digitação? Uma letra trocada é suficiente para que o recrutador negue as suas chances.

4. Usar elementos visuais demais

O currículo pode ser melhorado graças a algumas saídas visuais, como ícones ou formas, mas não exagere. Tente ser sóbrio ao construir o layout, mas use cores e elementos que traduzam a sua personalidade.

5. Não organizar as experiências por ordem cronológica

O recrutador precisa entender como você chegou até ali. Por isso, ele avaliará também a sua evolução profissional através da ordem cronológica das suas experiências. E não se esqueça de colocar as datas!

6. Dados pessoais desnecessários

Deixe para informar dados pessoais como RG, CPF ou número do PIS/Pasep apenas se for aprovado. Esses documentos não são necessários ao recrutador.

7. Não informar a escolaridade

Muitas pessoas omitem a escolaridade de seus currículos, e isso pode ser um fator crucial na seleção. Prefira informar a graduação, se tiver, e títulos posteriores apenas. Se tiver até o ensino médio, informe do mesmo jeito.

8. Deixar espaços em branco no currículo digital

Se você está preenchendo um formulário digital, preencha todos os campos a fim de completar o seu cadastro. Campos em branco prejudicam a sua visibilidade e deixam uma interrogação em quem está recrutando.

9. Não se informar sobre a candidatura

Não conhecer a empresa e a vaga é um erro fatal que pode não apenas acabar com as suas chances, como também fazer o seu nome ser eliminado de oportunidades futuras. Busque sempre saber mais sobre a empresa, sua missão e objetivos, além de tirar suas dúvidas sobre o cargo logo no e-mail, se for necessário.

10. Informar qualidades aleatórias

O documento que você está enviando deve informar o porquê você é ideal para a vaga. Não importa se você é bom em cálculos se está concorrendo a uma vaga que não utilizará esta habilidade. Além disso, pode parecer que você está tentando enrolar o recrutador. Atenha-se ao que é pedido na descrição do emprego!

11. Utilizar fotos impróprias

Essa dica vale não só para currículos físicos como também para os digitais. Não utilize fotos em trajes de banho, em situações extrovertidas demais ou sem camisa. Não precisa ser uma 3×4 séria, pois um sorriso não atrapalhará a seleção. Apenas tenha cuidado na escolha.

12. Informar cursos que não interessam à vaga

Você pode ter o certificado de conclusão de centenas de cursos, mas apenas um pode ser útil para a vaga. Não importa: informe apenas o que interessar às competências do cargo.

13. Contar mentiras

Esta nem devia ser uma dica nesta lista, mas mentir também não é uma boa ideia. Pode ter certeza: seu recrutador lerá todas as informações e fará perguntas sobre cada uma delas, além de testar as qualidades informadas posteriormente. Então dizer mentiras no currículo será apenas uma perda de tempo – e de dignidade.

14. Utilizar fontes diferentes 

Como dito anteriormente, o layout do currículo é um elemento importante para o seu recrutador. Um layout sóbrio e organizado ajudará no entendimento das informações e passa uma boa impressão.

Por isso, tente utilizar no máximo duas fontes diferentes para digitar o seu. Dica: utilize um tipo no seu nome e títulos das seções, e outro tipo para o texto em geral.

15. Informar a pretensão salarial quando não for pedida

Se a vaga de emprego não pede que você informe a pretensão salarial, deixe esse assunto para depois. Nunca coloque essa observação no seu currículo, pois serão muitos pontos a menos para você.



Source link

para que serve e qual a ingestão recomendada




Publicado em:
Última atualização:


Também conhecida como cobalamina, a vitamina B12 foi a última vitamina a ser descoberta. No final da década de 1940, ela foi identificada como uma substância presente no fígado dos bezerros e que curava a anemia perniciosa.

A vitamina B12 é a única do complexo B que o organismo armazena em grandes quantidades, principalmente no fígado. O corpo a absorve através de um processo complicado. As enzimas digestivas, na presença de ácido gástrico suficiente, separam a B12 das proteínas dos alimentos. Dessa forma, a vitamina se liga a uma substância chamada de fator intrínseco – uma proteína produzida pelas células no revestimento gastrointestinal – antes de ser transportada ao intestino delgado, onde é absorvida.

Leia também: Vitaminas e minerais importantes para combater a tristeza

Níveis baixos de ácido gástrico ou uma quantidade inadequada do fator intrínseco podem causar deficiências. Contudo, como o corpo possui boas reservas de B12, pode levar muitos anos para que desenvolva uma pequena queda dos níveis dessa vitamina.

Para que serve a vitamina B12?

A vitamina B12 é essencial para a replicação celular, sendo particularmente importante para a produção das hemácias sanguíneas. Ela mantém o revestimento protetor ao redor dos nervos e auxilia na conversão dos alimentos em energia. Além disso, desempenha uma função essencial na produção de DNA e RNA, material genético contido nas células.

Juntamente com o ácido fólico, a vitamina B12 ajuda o corpo a processar a homocisteína – substância semelhante ao aminoácido. Assim, pode diminuir o risco de doenças cardíacas. Além disso, a B12 pode ajudar a prevenir muitas doenças neurológicas, bem como o entorpecimento e a rigidez das extremidades do corpo; frequentemente associados ao diabetes. A B12 também pode ser importante no tratamento da depressão.

Pesquisas demonstram também que níveis baixos da vitamina B12 são comuns nas pessoas que sofrem da doença de Alzheimer. Não se sabe se esta deficiência é um fator que contribui para a doença ou simplesmente um resultado dela. 

A vitamina B12 auxilia na manutenção do sistema imunológico. Alguns estudos sugerem que ela aumenta o tempo entre a infecção pelo vírus HIV e o desenvolvimento da Aids. Outras pesquisas indicam que a ingestão adequada de B12 melhora as respostas imunológicas dos idosos. Inclusive, é útil no tratamento da esclerose múltipla. Por meio de sua função de replicação celular, a vitamina B12 pode melhorar os sintomas da rosácea.

Sintomas de deficiência

Considera-se que até 20% dos idosos tenham deficiências de vitamina B12, a maioria sem apresentar nenhum sintoma. À medida que envelhecem, por vezes desenvolvem um problema denominado gastrite atrófica, que reduz a produção de ácido gástrico. Sem a quantidade suficiente, o organismo não pode separar a vitamina B12 a partir das proteínas nos alimentos. Contudo, é capaz de absorver B12 suficiente dos suplementos ou de um cereal matinal enriquecido.

Pessoas com úlceras, doença de Crohn ou outros distúrbios gastrointestinais, e também aquelas que tomam remédios para epilepsia, azia crônica ou gota, correm o risco de ter:

  • Anemia
  • Depressão
  • Entorpecimento e rigidez dos nervos, além de dor
  • Fadiga
  • Confusão e perda de memória
  • Fraqueza muscular

O excesso de vitamina B12 é prontamente excretado pela urina. Não existem efeitos adversos conhecidos decorrentes de uma ingestão elevada dessa vitamina.

Como saber o nível de vitamina B12?

O seu nível de vitamina B12 pode ser descoberto através de exames de sangue. Somente após a realização do exame o seu médico poderá avaliar se os seus níveis estão normais ou baixos.

Uma dosagem alta de homocisteína e ácido metilmalônico no sangue pode indicar uma deficiência de vitamina B12. No entanto, é importante destacar que existem pessoas que possuem níveis elevados de ácido metilmalônico e homocisteína mas que apresentam dosagem normais da vitamina, portanto somente o exame de sangue poderá fornecer um diagnóstico preciso.

Quais os alimentos ricos em vitamina B12?

alimentos fontes de vitamina b12
A suplementação vitamínica pode ser necessária em alguns casos. (Imagem: bit245/iStock)

Além dos suplementos, você pode obter vitamina B12 por meio de alimentos derivados de animais. Ou seja, frutos do mar, peixes, ovos, carne vermelha e queijos. Alguns cereais matinais também são enriquecidos com esta vitamina. Descubra aqui como se alimentar adequadamente de acordo com a sua idade.

Ingestão Diária Recomendada (IDR)

A ingestão diária recomendada para a vitamina B12 é de 1 mcg para adultos. Porém, muitos especialistas recomendam a ingestão de 100 a 400 mcg.

Os suplementos da B12 são muito importantes para idosos – pois o nível de B12 no sangue diminui de acordo com a idade – e vegetarianos – por não consumirem carne, uma das principais fontes da vitamina. Porém, é possível ter uma dieta equilibrada sendo vegetariano.

Caso você tome um suplemento de vitamina B12, o ideal é ingerir também um suplemento de ácido fólico. Isso porque uma ingestão elevada de um pode mascarar a deficiência de outro. Mas, lembre-se! Antes de tomar qualquer suplemento, converse com seu médico.

Tome a vitamina B12 uma vez ao dia, de preferência pela manhã, juntamente com pelo menos 400 mcg de ácido fólico. A maioria dos complexos multivitamínicos contém pelo menos a IDR de vitamina B12 e de ácido fólico; os suplementos do complexo B apresentam quantidades mais elevadas. Para quantidades maiores e terapêuticas adquira um suplemento com apenas vitamina B12 ou com a adição de ácido fólico.

Quando tomar suplementos de vitamina B12?

Os pacientes idosos são mais suscetíveis à deficiência da vitamina B12 devido à redução da acidez estomacal fundamental para separar a B12 das proteínas dos alimentos. Diante disso, estudos observaram que após os 50 anos, algumas pessoas têm uma capacidade limitada de absorver a vitamina B12 a partir dos alimentos. Nesses casos a suplementação é recomendada porque mesmo deficiências leves dessa vitamina podem aumentar o risco de doenças cardíacas, depressão e doença de Alzheimer.

Pacientes com dietas restritas, principalmente veganos, também devem monitorar seus níveis da vitamina e ficar atentos a necessidade de reposição. 

Pacientes com absorção inadequada por disbiose, gastrite atrófica, doenças inflamatórias intestinais, HIV positivo, dentre outras situações, podem predispor a uma deficiência de vitamina B12 e devem receber suplementação profilática.


Atenção: Esta matéria tem como objetivo apenas informar e não substitui a consulta médica profissional. A avaliação clínica é imprescindível para saber se você precisa de uma suplementação ou não. Sendo assim, sempre consulte um médico. Somente assim você terá um diagnóstico completo e assertivo. 



Source link

Como evitar a deficiência de ferro no organismo


Publicado em:
Última atualização:

A influenciadora e Ex-BBB Viih Tube revelou esta semana em suas redes sociais que recebeu o diagnóstico de anemia após sentir sono em excesso. A doença, que é causada principalmente pela deficiência de ferro no organismo, pode ser perigosa se não for tratada corretamente. Embora muitos brasileiros não ingiram ferro suficiente, a anemia pode ser evitada através de uma alimentação saudável equilibrada. Veja abaixo algumas formas de como evitar a deficiência de ferro no organismo.

A deficiência de ferro pode deixar o corpo fraco, suscetível a infecções e prejudicar a concentração. Porém, a ingestão de ferro em excesso pode ser perigosa. O corpo humano obtém a maior parte do nutriente que precisa dos alimentos; ele irá absorver mais quando a demanda for elevada e menos quando as reservas estiverem adequadas.

Necessário em todo o corpo, o ferro é um elemento essencial da hemoglobina. Como o corpo humano perde ferro quando ocorre sangramento, as mulheres que menstruam têm frequentemente níveis baixos de ferro. Pessoas que fazem dietas, vegetarianos e atletas também podem apresentar deficiência de ferro. Aliás, existem tipos diferente de vegetarianismo, veja aqui as características de cada um.

Por que o ferro é importante para evitar a anemia?

Ao ajudar o sangue e os músculos a receber oxigênio, o ferro fornece energia para cada célula do corpo. Embora seja difícil ocorrer deficiência de ferro apenas por má alimentação, mulheres com fluxo menstrual intenso podem precisar de suplementos. Se o seu fluxo menstrual é muito intenso, verifique a possibilidade de ser endometriose, saiba mais. Pessoas com determinados problemas de saúde, também. Os suplementos têm como objetivo evitar ou corrigir a grave condição conhecida como anemia.

A manutenção de uma boa fonte de ferro fornece energia, ajuda o funcionamento do sistema imunológico e aguça os sentidos. Estudos mostram que até mesmo uma deficiência de ferro leve podem resultar em redução da atenção em adultos e no mau desempenho escolar em adolescentes.

Quais alimentos são ricos em ferro?

Os alimentos ricos em ferro incluem:

  • Fígado
  • Carne de vaca e carneiro
  • Mexilhões, ostras e mariscos
  • Feijões e ervilhas
  • Vegetais folhosos
  • Folhas escuras
  • Frutas desidratadas
  • Sementes e cereais enriquecidos
  • Levedo de cerveja
  • Algas
  • Melaço
  • Farelo de trigo

O cozimento de tomates ou de outros alimentos ácidos em panelas de ferro também adiciona ferro aos alimentos.

Qual a ingestão diária de ferro recomendada?

A ingestão diária recomendada de ferro para homens e mulheres de todas as idades é de 14 mg diários. Para combater a anemia é necessário ferro adicional por um período de semanas ou meses.

Se você consome menos ferro através da sua alimentação ou perde devido a sangramento menstrual intenso, sangramento gástrico ou câncer, seu corpo retirará ferro de suas reservas. A princípio não há sintomas, mas, à medida que as reservas de ferro diminuem, também diminui a capacidade do organismo produzir hemácias. O resultado é a anemia ferropriva. Essa doença se caracteriza por: fadiga, fraqueza, palidez, falta de ar, palpitações e maior suscetibilidade a infecções.

Alguns estudos correlacionam o excesso de ferro a um maior risco de doenças crônicas. Entre elas: doenças cardíacas e câncer de cólon. O excesso de ferro pode ser perigoso, sobretudo para adultos com tendência genética a absorvê-lo em excesso (hemocromatose). Crianças também são especialmente sensíveis à dosagem excessiva de ferro.

Se você reparou alguns dos sintomas listados acima, procure o seu médico. A deficiência de ferro pode causar danos à sua saúde, além de ser a causa de doenças graves.

Atenção! Os suplementos de ferro só devem ser tomados sob supervisão médica. A automedicação pode ser perigosa! Além disso, pode mascarar uma causa de anemia, como uma úlcera que esteja sangrando.



Source link

8 benefícios do sexo para a saúde que você deve conhecer


Publicado em:
Última atualização:

Você sabia que ter uma vida sexual saudável pode melhorar a sua saúde? Isso mesmo, você não leu errado: praticar sexo é bom para o seu bem-estar! Além de proporcionar prazer e relaxar o corpo, os benefícios do sexo contribuem para o aumento da imunidade e até mesmo aparência. Portanto, confira como praticar sexo de forma saudável pode contribuir para a sua saúde.

1. Promove um ótimo exercício cardiovascular

Fazer sexo pode ser uma boa maneira de se exercitar. Alguns estudos apontam que é possível queimar até 300 calorias por hora durante o sexo! Além disso, também contribui para manter o peso ideal.

2. Reduz a pressão arterial e protege contra doença cardíaca

Pesquisadores acompanharam a vida sexual de 914 homens de meia-idade durante dez anos. Aqueles que faziam sexo menos de uma vez por mês eram 2,8 vezes mais propensos a sofrer um ataque cardíaco fatal quando comparados aos que mantinham relações sexuais duas vezes por semana.

3. Aumenta a intimidade e fortalece o relacionamento

Para comprovar a relação entre sexo e relacionamentos duradouros, foi realizado um levantamento com 238 pessoas casadas acima de 65 anos. E o resultado afirma que quanto maior a frequência sexual, maiores as chances de eles se sentirem felizes no relacionamento e na vida. No entanto, alguns sexólogos apontam que a frequência ideal de sexo pode variar bastante de casal para casal.

4. Libera endorfinas

Endorfinas são hormônios que dão prazer e eliminam a dor, aliviam a ansiedade e garantem o humor. Além disso, promovem a sensação de sono e relaxamento.

Já a oxitocina – o “hormônio do amor” – é liberada durante o orgasmo. Por isso ela proporciona bem-estar e serenidade, diminui a pressão arterial e suscita laços fortes nos relacionamentos.

5. Eleva a imunidade

Um estudo constatou que pessoas que fazem sexo uma ou duas vezes por semana apresentam melhor imunidade quando comparado com aquelas que tinham relações com menos – ou mais – frequência.

6. Preserva a aparência

Pode acreditar quando dizem que sua pele está boa. Estudos recentes afirmam que pessoas que fazem sexo no mínimo três vezes por semana podem parecer dez anos mais jovens.

7. Fortalece os músculos do assoalho pélvico e protege contra a disfunção erétil

Homens de 55 a 75 anos que tiveram relação sexual uma vez por semana, no mínimo, apresentaram 50% menos chance de ter disfunção erétil.

Além disso, é comprovado que o ato sexual é uma boa maneira de fortalecer o assoalho pélvico. Mas existem outras formas de tonificar essa parte do corpo feminino, como pompoarismo, por exemplo. As vantagens são inúmeras, tanto para a mulher quanto para o homem.

8. Prolonga a vida

Homens com o menor número de orgasmos duplicaram as chances de morrer ao longo dos dez anos subsequentes, afirmam estudos ingleses. Portanto, não hesite em praticar sempre mais.



Source link

Dia Mundial do Chocolate: 21 receitas de doces deliciosos


Chocolate é sempre uma ótima ideia a qualquer momento. Seja branco ou preto, ao leite ou amargo, qualquer doce fica mais saboroso com chocolate. E a prova disso é que o chocolate ganhou um dia só dele: o Dia Mundial do Chocolate. Para celebrar a data, separamos 21 receitas de doces à base de chocolate de todos os tipos.

Escolha a sua sobremesa preferida entre as receitas de doces de chocolate e experimente hoje mesmo!

1. Cookies de chocolate branco e meio amargo

Aprenda a fazer cookies com gotas de chocolate.
(Imagem: Reader’s Digest/Reprodução.)

Irresistivelmente saborosos e fáceis de fazer, estes cookies de chocolate vão lhe surpreender. Esta receita reúne a crocância dos cookies caseiros, o sabor da cobertura de chocolate branco, e os benefícios do chocolate meio amargo em uma única receita imperdível.

2. Quadradinhos de chocolate e amendoim

doce de chocolate e amendoim
(Imagem: Reader’s Digest)

Rendimento: 24 quadradinhos

Ingredientes:

  • 1 xícara (250 g) de manteiga
  • 1 1⁄4 xícara (185 g) de chocolate meio amargo picado
  • 1 1⁄2 xícara (185 g) de farelos de biscoitos digestivos
  • 1⁄2 xícara (80 g) de amendoim tostado sem sal picado
  • 1 3⁄4 xícara (435 g) de cream cheese em temperatura ambiente
  • 1 xícara (220 g) de açúcar
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de preparo:

1. Derreta ¾ de xícara (185 g) de manteiga e 1⁄3 xícara (50 g) de chocolate em banho‑maria ou no micro‑ondas e mexa até ficar cremoso. Adicione os farelos de biscoito e os amendoins, e misture.

2. Com a massa, forre uma assadeira de 33 cm x 23 cm untada. Cubra e leve à geladeira por 30 minutos, ou até firmar.

3. Numa tigela, bata o cream cheese, o açúcar e a baunilha até obter um creme fofo. Espalhe sobre a camada de massa. Derreta a manteiga e o chocolate restantes, e mexa bem. Com cuidado, espalhe sobre a camada de cream cheese. Cubra e deixe na geladeira até firmar. Corte em quadradinhos e guarde‑os na geladeira.

3. Brownie de chocolate especial

Brownie de chocolate
(Imagem: Irina Taskova/iStock)

Esta receita de brownie de chocolate é diferente de tudo o que você já experimentou. Com um “recheio” de coco saboroso e uma cobertura surpreendente, você vai ficar com água na boca assim que ver esta delícia. Veja a seguir o modo de preparo e surpreenda-se!

4. Cookies de cereja e chocolate branco

(Imagem: Reader’s Digest)

Rendimento: 48 cookies

Ingredientes:

  • 1 xícara (250 g) de manteiga
  • 3⁄4 de xícara (170 g) de açúcar
  • 3⁄4 de xícara (165 g) de açúcar mascavo peneirado, apertado no medidor
  • 2 ovos
  • 1⁄4 de colher (chá) de essência de amêndoas
  • 2 1⁄4 xícaras (335 g) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1⁄2 colher (chá) de sal
  • 2 2⁄3 xícaras (440 g) de gotas de chocolate branco
  • 200 g de cerejas glaceadas ou cristalizadas picadas

Modo de preparo:

1. Numa tigela grande, bata a manteiga e os açúcares até obter um creme claro e fofo. Adicione os ovos, um a um, batendo bem após cada adição. Junte a essência de amêndoa e bata mais um pouco. Em outra tigela, misture a farinha, o bicarbonato de sódio e o sal. Junte aos poucos ao creme de manteiga e misture bem. Acrescente as gotas de chocolate e as cerejas.

2. Com uma colher de sopa, coloque porções de massa em assadeiras não untadas, deixando cerca de 5 cm entre cada porção. Leve ao forno a 180°C por 10 minutos, ou até os cookies dourarem levemente. Deixe esfriar sobre uma grade.

5. Cookies de chocolate branco e amêndoas

biscoitos de amêndoas
(Imagem: jirkaejc/iStock)

Rendimento: 48 biscoitos

Ingredientes:

  • 1⁄2 xícara (125 g) de manteiga
  • 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
  • 2⁄3 de xícara (145 g) de açúcar
  • 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro
  • 1 ovo
  • 1 1⁄2 colher (sopa) de iogurte natural
  • 3⁄4 de colher (chá) de essência de amêndoa algumas gotas de essência de limão
  • 1 3⁄4 xícara (260 g) de farinha de trigo
  • 1⁄2 xícara (75 g) de farinha de trigo integral
  • 1⁄2 colher (chá) de cremor de tártaro
  • 1⁄2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1⁄4 de colher (chá) de sal
  • 1⁄2 xícara (85 g) de gotas de chocolate branco
  • 1⁄4 de xícara (40 g) de amêndoas picadas açúcar adicional

Modo de preparo:

1. Numa tigela, bata a manteiga, o óleo e os açúcares até obter uma mistura homogênea. Adicione o ovo e bata mais um pouco. Incorpore o iogurte e as essências de amêndoa e de limão. Misture as farinhas, o cremor de tártaro, o bicarbonato de sódio e o sal, e junte aos poucos ao creme de manteiga, misturando bem. Acrescente as gotas de chocolate e as amêndoas.

2. Enrole a massa em bolinhas de 3 cm e passe‑as no açúcar. Arrume‑as em assadeiras, deixando 5 cm entre elas. Achate com um garfo passado no açúcar. Leve ao forno a 180°C por 12‑15 minutos, ou até os biscoitos dourarem. Deixe esfriar sobre uma grade.

6. Trança de chocolate

trança de chocolate
(Imagem: Flavia Novais/iStock)

A trança de chocolate é uma sobremesa simples e que tem uma massa leve e um recheio perfeito para os amantes de chocolate. Pode ser servida em qualquer hora do dia, seja na hora do café ou na sobremesa. Além de tudo isso, a apresentação fica muito bonita na mesa quando você for receber alguém especial.

7. Cookies gigantes de chocolate meio amargo e nozes

cookies gigantes
(Imagem: Songbird839/iStock)

Rendimento: 12 cookies

Ingredientes:

  • 1⁄3 de xícara (90 g) de manteiga
  • 240 g de chocolate meio amargo picado
  • 2 ovos
  • 3⁄4 de xícara (170 g) de açúcar
  • 2 colheres (chá) de café solúvel granulado
  • 1 colher (sopa) de água fervente
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 1⁄4 de xícara (35 g) de farinha de trigo
  • 1⁄2 colher (chá) de sal
  • 1⁄4 de colher (chá) de fermento em pó
  • 1 xícara (170 g) de gotas de chocolate meio amargo
  • 1 xícara (125 g) de nozes grosseiramente picadas
  • 1 xícara (120 g) de nozes-pecãs grosseiramente picadas

Modo de preparo: 

1. No micro-ondas ou numa panela de fundo grosso, derreta a manteiga e o chocolate, e deixe esfriar. Numa tigela, bata os ovos até espumarem. Acrescente o açúcar aos poucos e continue batendo. Dissolva o café na água fervente e o adicione com a baunilha e a mistura de chocolate já fria aos ovos batidos. Em outra tigela, misture a farinha, o sal e o fermento em pó. Incorpore aos poucos à mistura de ovos e mexa bem. Acrescente as gotas de chocolate, as nozes e misture.

2. Coloque porções de 1⁄4 de xícara de massa de cada vez em assadeiras não untadas, deixando 10 cm entre cada porção. Achate levemente e asse no forno a 180°C por 16-18 minutos, ou até que os cookies estejam firmes. Deixe esfriar na assadeira por 4 minutos antes de transferir para uma grade para esfriarem por completo.

8. Barras de muesli com chocolate branco e cranberry

(Imagem: Reader’s Digest)

Rendimento: 24 barras

Ingredientes:

  • 1⁄4 de xícara (55 g) de açúcar
  • 1⁄4 de xícara (90 g) de mel
  • 1⁄4 de xícara (60 ml) de xarope de bordo
  • 2 colheres (sopa) de creme de amendoim
  • 1 clara de ovo
  • 1 colher (sopa) de leite evaporado
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 xícara (150 g) de farinha de trigo integral
  • 1⁄2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1⁄2 colher (chá) de canela em pó
  • 1⁄4 de colher (chá) de pimenta‑da‑jamaica em pó
  • 2 xícaras (200 g) de aveia em flocos
  • 1 1⁄2 xícara (45 g) de pipoca de arroz
  • 1⁄3 de xícara (50 g) de gotas de chocolate
  • 1⁄4 de xícara (30 g) de cranberries secos e adoçados
  • 1⁄4 de xícara (30 g) de nozes picadas

Modo de preparo:

1 Numa tigela grande, misture o açúcar, o mel, o xarope de bordo, o creme de amendoim, a clara, o leite evaporado e a baunilha. Em outra tigela, misture a farinha, o bicarbonato de sódio, a canela e a pimenta. Junte à mistura de açúcar. Adicione a aveia, a pipoca de arroz, as gotas de chocolate, os cranberries e as nozes, e mexa.

2. Com a massa, forre uma assadeira de 33 cm x 23 cm untada. Leve ao forno a 180ºC por 18 ‑20 minutos, ou até ficar com um tom dourado‑amarronzado. Deixe esfriar na assadeira sobre uma grade. Corte em barrinhas e guarde‑as na geladeira.

9. Mousse de chocolate branco

mousse de chocolate branco
(Imagem: Francisco Javier Miranda Cerro/iStock)

Se você está em busca de uma sobremesa nova e fácil, a receita de mousse de chocolate branco é uma forte candidata a se tornar a sua nova queridinha. Essa sobremesa é um prato cheio para quem ama doces e é impossível não ficar com água na boca ao se deparar com esta delícia na mesa.

10. Cookies de avelã e gotas de chocolate branco

(Imagem: Reader’s Digest/iStock)

Rendimento: 36 cookies

Ingredientes:

  • 1 1⁄4 xícara (175 g) de avelãs inteiras torradas
  • 9 colheres (sopa) de manteiga
  • 1⁄2 xícara (115 g) de açúcar
  • 1⁄2 xícara (115 g) de açúcar mascavo peneirado, apertado no medidor
  • 1 ovo
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 1⁄2 xícara (225 g) de farinha de trigo
  • 1⁄2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 1⁄2 colher (chá) de sal
  • 1 xícara (170 g) de gotas de chocolate branco

Modo de preparo:

1. Pique grosseiramente ½ xícara (70 g) de avelãs e reserve. Derreta 2 colheres (sopa) de manteiga e a coloque com as avelãs restantes num processador de alimentos. Tampe, processe até formar uma farofa úmida e reserve.

2. Numa tigela, bata o restante da manteiga e os açúcares até obter uma mistura homogênea. Adicione o ovo e a baunilha, batendo até obter um creme claro e fofo. Junte a mistura de avelãs moídas até incorporar ao creme. Em outra tigela, misture a farinha, o bicarbonato de sódio e o sal; adicione à massa e mexa apenas para
misturar. Acrescente as gotas de chocolate e as avelãs reservadas.

3. Com uma colher de sopa, coloque porções de massa em assadeiras untadas, deixando 5 cm entre cada porção. Leve ao forno a 180°C por 10-12 minutos ou até os cookies dourarem levemente. Deixe esfriar sobre uma grade.

11. Muffins de chocolate

muffins de chocolate
(Imagem: bhofack2/iStock)

Preparar muffins de chocolate é fácil e rápido, em apenas 35 minutos seus bolinhos estarão assados e prontos para serem degustados. Além disso, você não precisa se preocupar com os ingredientes, pois todos podem ser facilmente encontrados em sua cozinha.

12. Docinho de chocolate branco

biscoitos chocolate branco
(Imagem: vikif/iStock)

Rendimento: 60 docinhos

Ingredientes:

  • 5 claras de ovo
  • 1⁄2 colher (chá) de essência de baunilha
  • 1 1⁄3 xícara (310 g) de açúcar
  • 5 1⁄4 xícaras (290 g) de coco queimado em flocos
  • 3⁄4 de xícara (80 g) de amêndoas moídas
  • 1 1⁄3 xícara (180 g) de chocolate branco grosseiramente picado

Modo de preparo:

1. Coloque as claras de ovo numa tigela e deixe descansar em temperatura ambiente por 30 minutos. Adicione a baunilha e bata em velocidade média até obter picos suaves. Junte o açúcar aos poucos, cerca de 2 colheres (sopa) de cada vez, batendo sempre, em velocidade alta, até obter picos firmes e o açúcar estar dissolvido. Incorpore aos poucos 4 xícaras (220 g) do coco e as amêndoas, cerca de ½ xícara de cada vez.

2. Com uma colher de sopa, coloque porções de massa em assadeiras forradas com papel-manteiga, deixando 5 cm entre elas. Leve ao forno a 135°C por 20-25 minutos, ou até que os biscoitos estejam firmes ao toque. Deixe esfriar sobre uma grade.

3. Derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas na potência média (70%) por 1 minuto, acrescentando de 10 a 20 segundos, se necessário. Mexa até obter um creme homogêneo. Espalhe ¼ de colher (chá) de chocolate sobre cada biscoito e salpique cada um com 1 colher (chá) do coco restante. Arrume em assadeiras forradas com papel-manteiga. Leve à geladeira por 1 hora, ou até o chocolate firmar.

13. Bolo de chocolate com leite de coco delicioso e fácil

bolo de chocolate com leite de coco
(Imagem: Winston Gambatto/iStock)

Delicioso, molhadinho e com recheio e cobertura de brigadeiro, esta receita de bolo de chocolate promete agradar crianças e adultos.

14. Bomba de chocolate

bomba de chocolate
(Imagem: Reader’s Digest/iStock)

Nesta versão, as clássicas bombas de chocolate ganham um toque especial graças à baunilha e ao café. Porém, caso deseje, você também pode substituir o café por mais uma fava de baunilha.

15. Receita de bolo de chocolate sem farinha de trigo

bolo de chocolate sem farinha
(Imagem: margouillatphotos/iStock)

Sem farinha de trigo e sem fermento, esta receita de bolo de chocolate acaba tendo um sabor mais presente de chocolate mas sem abrir mão da maciez da massa.

16. Macarons de chocolate

macarons de chocolate
(Imagem: VadimZakirov/iStock)

Os macarons mais simples são feitos, basicamente, com açúcar, claras e coco. Porém, outros ingredientes também podem ser acrescentados. Veja como fazer macarons de chocolate deliciosos.

17. Pizza de chocolate

Deliciosa pizza de chocolate.
(Imagem: Luiz Henrique Mendes/iStock)

Fácil de fazer e muito gostosa, essa receita de pizza de chocolate é uma opção perfeita para celebrar o Dia Mundial do Chocolate com os amigos e família.

18. Chocolate quente simples

chocolate quente com canela em pó
(Imagem: Fascinadora/iStock)

O chocolate quente é um clássico mundial e, além de ser muito gostoso, ajuda a esquentar o corpo durante uma noite fria.

19. Chocolate quente com pimenta

chocolate com pimenta
(Imagem: bhofack2\iStock)

O chocolate quente é a bebida que mais combina com os dias frios. A adição da pimenta dá um sabor especial ao tradicional chocolate e acentua o sabor. A receita é bem simples de fazer e leva poucos ingredientes.

20. Mousse de chocolate

chocolate
(Imagem: Reader’s Digest)

A leveza e cremosidade da mousse de chocolate é praticamente uma unanimidade. Esta receita, perfeita para a sobremesa do final de semana, é superprática: são apenas 3 ingredientes e 20 minutos de preparo. Depois é só se deliciar e receber os elogios.

21. Sorvete de chocolate e menta

sorvete caseiro de chocolate
(Imagem: kaorinne/iStock)

Esta receita de sorvete de chocolate e menta é uma mão na roda para quem quer preparar uma sobremesa saborosa, simples e diferente. O sabor da menta traz uma refrescância extra para o sorvete!

Gostou da nossa seleção de sobremesas de chocolate? Então siga o nosso perfil no FacebookInstagram e Pinterest para ficar por dentro das novidades!





Source link

conheça os benefícios do chocolate


Nesta quinta-feira, 7 de julho, é comemorado o Dia Mundial do Chocolate, um dos alimentos mais amados no mundo. Muito usado como ingrediente em várias receitas de doces, o chocolate também costuma ser uma opção de presente em outras datas, como na Páscoa e Dia dos Namorados. Mas, você sabia que, além de ser saboroso, o chocolate pode proporcionar diversos benefícios para a saúde?

Benefícios do chocolate amargo

Não há como não amar a ciência moderna, sobretudo quando ela nos dá boas razões para saborear chocolate. Atualmente, sabe-se que o chocolate amargo contém os mesmos antioxidantes encontrados no vinho tinto e em muitas frutas e legumes associados à redução do risco de doenças cardíacas. Além disso, ele é um ótimo antídoto contra ansiedade, estresse, hipertensão arterial e mau humor.

Leia também: Receita terapêutica anti-TPM: bolo de chocolate simples

No entanto, se você quer aproveitar os benefícios do chocolate, esqueça a versão doce: aposte no produto com pelo menos 60% de cacau. Quanto maior o teor de cacau, mais benefícios o chocolate traz.

Conheça agora todos os outros benefícios do chocolate amargo.

1. Combate os radicais livres

As sementes de cacau, usadas para a fabricação de licor, manteiga de cacau e cacau em pó, ingredientes presentes em produtos à base de chocolate, são excelentes fontes de flavonoides. Esses poderosos antioxidantes neutralizam os radicais livres que danificam as células e causam doenças. Além disso, contém mais partículas de cacau ricas em flavonoides que a versão ao leite.

2. Contribui para a melhora da pressão arterial

Os flavonoides do chocolate aumentam os níveis de óxido nítrico no organismo. Esse gás faz os vasos sanguíneos relaxarem e se dilatarem, o que se traduz em melhora na circulação do sangue e na pressão arterial.

3. Melhora a saúde do coração

Após reunir diversas pesquisas sobre os benefícios do chocolate, a Associação Americana do Coração publicou um artigo reconhecendo que o cacau de fato exerce efeitos cardiovasculares benéficos.

Segundo o artigo, o motivo para os benefícios do chocolate é a concentração de polifenóis, substâncias também encontradas em frutas e vegetais. Por fim, o consumo do chocolate amargo reduz inflamações, outro fator de risco para doenças cardíacas. Além disso, aumenta a sensibilidade à insulina, um fator importante no tratamento do diabetes do tipo 2.

O chocolate é composto de três tipos de gordura em quantidades aproximadamente iguais. Um é o ácido oleico, uma gordura benéfica para a saúde do coração também encontrada no azeite de oliva.

As outras gorduras do chocolate são os ácidos esteárico e palmítico, que são formas de gorduras saturadas. Contudo, ao contrário das gorduras saturadas que elevam os níveis do colesterol ruim (LDL), o ácido esteárico aparentemente tem efeito neutro sobre ele. Por outro lado, o ácido palmítico eleva os níveis de colesterol, mas representa apenas um terço das calorias de gordura no chocolate.

4. Diminui a ansiedade e o estresse

Cientistas examinaram os efeitos do chocolate nos níveis do hormônio do estresse. Para isso, convocaram 30 pessoas para participar do estudo e testaram seus níveis de ansiedade. Constatou-se que, dessas 30 pessoas, 13 apresentavam alta ansiedade e 17, baixa.

Todas comeram 20 g de chocolate amargo duas vezes ao dia. Depois de duas semanas, eles examinaram amostras de sangue e urina coletadas dos participantes e descobriram que o chocolate diminuiu os níveis de hormônio do estresse de todos os voluntários. Porém, a queda nos níveis de ansiedade daqueles mais ansiosos foi maior que a dos que apresentavam níveis mais baixos.

Qual o melhor tipo de chocolate?

Barras de chocolate
Nem todos os tipos de chocolate proporcionam benefícios. (Imagem: artisteer/iStock)

Se a sua preocupação é com a saúde, o chocolate amargo é a melhor escolha. Dê preferência a ele ao invés da versão ao leite ou branco. Aposte nos produtos com pelo menos 60% a 75% de cacau. Quanto maior o percentual de cacau, mais amargo será o chocolate, mas você ganha na quantidade de antioxidantes.

O chocolate ao leite não produz os mesmos benefícios que a versão amarga. Ele contém leite, um ingrediente altamente saturado. O processamento industrial retira grande parte dos flavonoides do cacau e do xarope de chocolate.

Já o chocolate branco é feito somente com a manteiga do cacau. Sendo assim, ele não oferece nenhum benefício à saúde.

Fique de olho nas calorias

A quantidade de chocolate amargo usada em alguns estudos, 100 g, contém exorbitantes 550 calorias, que é um valor calórico considerável para se ingerir diariamente. Se você pretende saborear o chocolate todos os dias, limite-se a 40 g, que contêm 220 calorias. Mas certifique-se de cortar 220 calorias menos saudáveis de sua alimentação. Caso contrário, você corre o risco de engordar 10 kg em um ano. Para uma dieta equilibrada, consulte a nutricionista.



Source link

8 truques para deixar seu banheiro cheiroso sempre


Que tal acabar com o mito do banheiro malcheiroso? Ele pode não ser o cômodo mais perfumado da casa, mas é possível deixá-lo bem mais agradável. Para ter um banheiro cheiroso é muito fácil. Basta seguir alguns truques e cuidados diários que vão fazer toda a diferença.

Leia também: Veja como limpar rejunte encardido de forma simples e rápida

São simples ações que vão evitar que os maus odores apareçam e dicas para deixar o seu banheiro com um bom aroma. O investimento é muito baixo e os resultados, satisfatórios. Então, confira os principais cuidados que você precisa ter para ter um banheiro digno de elogios.

Os benefícios da ventilação

ventilação do banheiro
A circulação de ar é essencial para evitar o mofo e os maus odores. (Imagem: DianaRui/iStock)

Um banheiro bem ventilado já resolve grande parte dos problemas de mau cheiro. Podemos dizer que quem tem uma boa janela já sai ganhando nesse desafio. A circulação de ar dissipa os maus odores e renova o ambiente. Portanto, evite deixar janelas e basculantes fechados o dia todo.

Mesmo em dias mais frios, é importante deixar o ar circular. O vapor do banho quente, por exemplo, pode ocasionar, a longo prazo, o surgimento de mofo. Então, para que isso não aconteça, escolha um momento do dia para deixar o banheiro arejado, mesmo que seja por alguns minutos.

Leia também: Aprenda como limpar box de vidro de forma rápida e prática

Já os banheiros que não possuem janela precisam ter um exaustor. Esse recurso é fundamental para limpar o ar das impurezas, eliminar o mau cheiro e retirar a umidade do ar. E, desse modo, reduzir consideravelmente o aparecimento de mofo e fungos. Pesquise o tipo de exaustor mais adequado para o seu banheiro e tenha mais um aliado contra os maus odores.

8 dicas para ter um banheiro cheiroso

Abaixo nós separamos oito dicas infalíveis para deixar o seu banheiro sempre cheiroso. Todas as dicas foram testadas e aprovadas pela nossa equipe, confira!

1. Desodorizador de ambiente

desodorizador de banheiro
Sprays de fragrâncias dão um ar refrescante ao banheiro e são ótimas opções. (Imagem: Mihailgrey/iStock)

Atualmente, é possível encontrar, com facilidade, variados tipos de desodorizadores de ambiente. Os mais comuns são em spray. Mas existem também em outros formatos, como em gel, líquido e automático, que dispara uma fragrância a cada período de tempo.

O desodorizador, assim como os aromatizadores, conferem um cheiro agradável ao banheiro. Difusores de vareta e sachês de pot-pourri com óleos essenciais também são boas alternativas.

2. Spray antiodor

Recentemente, surgiram no mercado produtos que bloqueiam o mau cheiro. Eles devem ser aplicados no vaso sanitário antes do uso. Seu objetivo é eliminar qualquer cheiro desagradável que venha das fezes. Sem dúvida, é uma solução muito eficiente, já que evitam que o mau cheiro se espalhe.

3. Velas aromáticas

Perfeitas para criar um clima relaxante, as velas aromáticas também são ótimas soluções para deixar um cheirinho agradável no ar. São inúmeras as fragrâncias disponíveis nas lojas. Portanto, escolha seu perfume preferido e deixe as velas acesas na bancada ou próximas à banheira. Mas fique atento para não causar um acidente.

Outra maneira de aromatizar o ambiente é com o uso de incensos. Conheça os principais tipos de incenso e escolha o mais adequado para o seu banheiro.

4. Blocos desinfetantes

desinfetante de vaso sanitário
Líquidos ou em barra, os desinfetantes sanitários limpam e deixam um cheiro agradável. (Imagem: jeka1984/iStock)

Melhor que um banheiro perfumado só um banheiro com cheiro de limpeza. E os blocos desinfetantes, usados nos vasos sanitários, cumprem essa missão com sucesso. Além de conter agentes químicos que combatem bactérias e germes, eles liberam um cheiro agradável quando a descarga é acionada. Sendo assim, podem ser um bom complemento na busca por um banheiro cheiroso.

5. Água perfumada

A água perfumada é uma solução tão simples que provavelmente você nem pensou nela. Veja como é fácil preparar em casa. Basta misturar em um recipiente 90 ml de água deionizada, 10 ml de álcool de cereais e algumas gotas do óleo essencial se sua preferência. Depois, coloque em um borrifador e espalhe nas toalhas (secas!) e no ambiente.

6. Limpe bem os ralos

De nada adianta perfumar o ambiente se o foco do mau cheiro continua ativo. É preciso solucionar o problema que está espalhando os maus odores antes de qualquer coisa.

Um dos lugares que pode gerar o mau odor é o ralo. Portanto, limpe-os periodicamente, tanto o do box quanto o da pia. E se algum deles estiver entupido, confira essas dicas para resolver esse problema sem dor de cabeça.

7. Deixe suas toalhas secas

toalhas secas e cheirosas
Toalhas molhadas no banheiro podem gerar mofo e mau cheiro. (Imagem: Wako Megumi/iStock)

As toalhas acumulam água conforme o seu uso. Isso é normal, mas é preciso alguns cuidados para que elas não comecem a dar mau cheiro. Independentemente do tipo de ventilação que o seu banheiro tenha, é recomendável colocá-las ao Sol por um tempo; os tapetes também. Ou estender no varal para que perca toda a umidade. Dessa forma, elas dificilmente vão exalar algum cheiro desagradável.

8. Limpe a lixeira diariamente

Nem precisamos dizer que a lixeira do banheiro é onde todo o mau cheiro se concentra, não é? Como não temos o costume de jogar papel higiênico no vaso – afinal nem todos os encanamentos estão preparados para isso –, precisamos trocar o saco de lixo todos os dias. Assim eliminamos quase completamente o foco dos maus odores.

Seguindo as medidas de prevenção ao mau cheiro e colocando em prática as dicas para perfumar o ambiente, você conseguirá deixar o seu banheiro sempre cheiroso. Com um pouco de disciplina, os maus odores não farão mais parte do seu dia a dia.



Source link

Histórias engraçadas para deixar o seu riso frouxo


O dia está meio chato? Você está meio pra baixo ou irritado? O tédio bateu? Deixe tudo isso de lado e dê uma olhada em algumas de nossas histórias engraçadas que farão você rir e ficar mais feliz!

6 histórias engraçadas para se divertir

Caminhando pelos corredores da escola em que trabalho, avistei um professor substituto novato parado do lado de fora da sala com a testa apoiada num armário.
– Como você foi se meter nisso? – eu o ouvi murmurar.
Sabendo que ele fora designado para uma turma difícil, tentei oferecer apoio moral.
– Você está bem? – perguntei. – Posso ajudar?
Ele ergueu a cabeça e respondeu:
– Vou ficar bem assim que conseguir tirar esse menino de dentro do armário.

Helen Button

Certa vez, todos os funcionários da empresa de grande porte em que eu trabalhava foram chamados para uma reunião. Eu não precisava ir e, por isso, fiquei sozinho no escritório. Uma hora depois, um senhor grisalho e gordo bateu insistentemente na porta de vidro, querendo usar o telefone. Não abri, e ainda gritei:
– Não posso deixar que o senhor use o telefone.
Ele insistia e gritava, mas, como a porta de vidro estava fechada, eu mal ouvia suas reclamações. Completei:
– Se o senhor não sair, vou chamar a polícia!
E ele saiu resmungando. Passados alguns meses, chegou ao nosso escritório o jornalzinho semestral da empresa com uma foto enorme do “senhor grisalho e gordo”. E logo abaixo a legenda dizia: “Converse com o presidente.”

Marcus da Cruz

Eu inspecionava instalações de comunicações no Alasca. Como tinha pouca experiência em voar em aviões pequenos, fiquei nervoso quando nos aproximamos de uma pista de pouso em uma área coberta de neve. O piloto baixou apenas alguns metros e então acelerou os motores, subiu e deu uma volta. Enquanto meu coração disparava, o passageiro a meu lado parecia calmo.
– Por que será que o piloto não aterrissou? – perguntei.
– Ele está verificando se a pista foi limpa – respondeu o sujeito.
Ao fazermos uma segunda aproximação, olhei pela janela.
– Para mim, parece limpa – comentei.
– Não – rebateu o meu vizinho. – Faz uma porção de tempo que não é limpa.
– Como é que você sabe? – perguntei.
– Porque sou eu quem dirige o limpa-neve.

Lawrence D. Weiss

Leia também: 40 piadas para criança que toda a família vai adorar

Um rapaz pediu um emprego qualquer no circo. O gerente resolveu lhe dar uma chance de se tornar assistente de domador de leão e levou-o para a jaula de treinamento.
A chefe dos domadores, uma linda jovem, tinha acabado de começar o ensaio. Ao entrar na jaula, com um floreio, ela se despiu da capa e, exibindo uma roupa deslumbrante, fez um gesto para um dos leões. Obediente, o animal engatinhou até ela e rolou duas vezes no chão.
– Bem – disse o gerente ao rapaz –, você acha que pode aprender a fazer isso?
– Claro que posso – retrucou –, mas, antes, terá de tirar aquele leão dali.

Scott M. Riva

Eu dava aulas de português no ensino médio e uma das questões da prova final pedia aos alunos que transcrevessem a principal indagação do texto. Uma aluna se virou para mim e perguntou:
– O que é indagação?
Eu respondi:
– Pergunta, Marcela. E ela tornou a perguntar:
– O que é indagação?

Pollyana Prado

Antes de entrar de férias, fui a um salão fazer bronzeamento artificial. Fiquei tanto tempo debaixo das luzes que os protetores de olhos que usava deixaram duas marcas brancas em volta dos meus olhos. Vendo-me no espelho no dia seguinte, pensei: “Caramba, estou parecendo uma palhaça.”
Estava quase me convencendo de que havia exagerado na minha reação – até a hora em que entrei na fila do caixa do supermercado. Senti um puxão na minha camisa e quando olhei para baixo vi um menininho me encarando. Ele perguntou:
– Você está distribuindo balões?

Nina Secviar

Gostou dessa seleção de histórias engraçadas? Então, veja também 18 piadas de duplo sentido para rir com a família!



Source link

Como fazer canjica com amendoim de forma fácil e rápida


|


Publicado em: 7 de junho de 2022

Canjica com amendoim é o casamento junino perfeito. Veja o passo a passo desta receita incrível.

Nada como um prato típico para manter viva a tradição da festa junina. Fácil de preparar, a canjica com amendoim é uma excelente opção para celebrar esta época. Conhecida também como “mungunzá” no Norte e Nordeste, ela tem o sabor dos festejos juninos e não pode faltar na sua festa.

Receita de canjica com amendoim

Canjica com amendoim

Além dos ingredientes de costume, como a canjica branca, esta versão tem o toque especial do amendoim e é muito fácil de fazer. Então, aproveite o clima de festa junina e prepare esta delícia.

Tempo de cozimento 35 mins

Tempo de molho 12 hrs

Prato Doces, Sobremesas

Culinária brasileira

  • 1 pacote de milho para canjica
  • 1 l de leite integral (quente)
  • 500 ml de leite de coco
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 xícara de amendoim torrado e sem casca
  • Cravos a gosto
  • Canela em pau a gosto
  • Amendoim moído (opcional)
  • Despeje todo o pacote da canjica em uma tigela com água e deixe de molho por, no mínimo, 12 horas, ou de um dia para o outro.

  • Depois do tempo de molho, escorra e jogue todo o conteúdo em uma panela de pressão. Cubra com água até uns dois dedos acima dos milhos. Tampe e deixe cozinhando por 30 minutos.

  • Enquanto isso, coloque no liquidificador 500 ml de leite de coco e 1 xícara de amendoim torrado sem casca. Bata até a mistura ficar homogênea. Depois, reserve.

  • Passados os 30 minutos de cozimento, espere a pressão da panela sair, abra a tampa e adicione o leite, a mistura de leite de coco com amendoim, o leite condensado e as especiarias. Em seguida, mexa e deixe cozinhando por mais 5 minutos.

  • Então, finalize com um pouco de amendoim moído por cima para dar um toque especial. Sirva quente!



Source link