Geral

Ministério rateia nova cota para venda de açúcar aos EUA


Duas semanas após o governo dos Estados Unidos (EUA) confirmar um novo aumento da cota de açúcar que o Brasil pode vender ao mercado norte-americano em condições tributárias especiais, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) definiu o volume adicional de açúcar que 37 usinas produtoras das regiões Norte e Nordeste poderão exportar para os EUA até 30 setembro deste ano.

Publicada no Diário Oficial da União de hoje (15), a Portaria nº 472 discrimina as cotas alocadas a cada unidade produtora. Das usinas contempladas com base nos resultados da safra anterior, 15 estão estabelecidas em Alagoas e 11 em Pernambuco. As demais funcionam na Paraíba (2); Rio Grande do Norte (2); Sergipe (2) e nos estados do Amazonas; Bahia; Maranhão; Pará e Piauí (um estabelecimento em cada um).

Os produtores beneficiados pela medida são todos das regiões Norte e Nordeste porque uma lei de 1996, a Lei nº 9.362, estabelece que, para estimular o desenvolvimento regional, a exportação de produtos derivados de cana-de-açúcar para mercados considerados preferenciais, como o dos Estados Unidos, serão atribuídos a usinas das duas regiões, “tendo em conta seu estágio econômico”.

Esta é a segunda alocação, ou rateio, que o ministério faz, este ano, do volume extra do produto que o Brasil é autorizado a vender para o mercado norte-americano. Em maio, os Estados Unidos já tinham manifestado interesse em comprar, com tratamento diferenciado, a 35,16 mil toneladas além das cerca de 144,41 mil toneladas autorizadas ainda em 2021. No fim de julho, as autoridades norte-americanas adicionaram mais 14,43 mil toneladas à cota prioritária inicial.

“Isto é corriqueiro. Costumeiramente, alguns dos países [produtores] que recebem cotas [do governo dos EUA] acabam não conseguindo cumpri-las. Ou [as autoridades norte-americanas] veem que precisam de um pouco mais do produto. Nós [Brasil] sempre somos consultados se temos condições de atender [à demanda]”, explicou à Agência Brasil o coordenador-geral de Cana e Açúcar do Mapa, Cid Caldas, enfatizando que, somadas as cotas principal e adicionais, as usinas nacionais poderão exportar, em condições especiais, pouco mais de 195 mil toneladas de açúcar para os Estados Unidos.

“A gente vem tentando elevar a cota [principal] mostrando que há países aos quais são atribuídas cotas, mas que nem produção eles têm”, acrescentou Caldas, lembrando que, em 2020, o governo brasileiro chegou a aventar a possibilidade de zerar a taxa de importação cobrada do etanol norte-americano se os Estados Unidos dispensassem o mesmo tratamento ao açúcar brasileiro.

“Como a cana-de-açúcar e o etanol estão intimamente ligados no Brasil, a partir do momento em que o governo norte-americano está nos mandando etanol, deveria abrir mais também o seu mercado de açúcar”, disse Caldas.

Há quase dois anos, o governo brasileiro anunciou como resultado das negociações entre Brasil e EUA o fato dos produtores nacionais terem sido autorizados a exportar, naquele ano, 80 mil toneladas adicionais de açúcar. A ampliação da cota inicial foi anunciada menos de duas semanas após o governo brasileiro elevar a cota de importação de etanol dos Estados Unidos.



Source link

Regras rígidas de isolamento não impedem covid, e ilhas no Pacífico vivem epidemia


As Ilhas Marshall, arquipélago no Pacífico, ao leste da Filipinas, estão vivendo tardiamente, em comparação com o restante do mundo, a epidemia de covid-19. Com regras rígidas de quarentena para moradores e estrangeiros, o país tinha conseguido evitar, até agora, a epidemia.

Porém, a doença chegou com força total nas últimas semanas. Em apenas sete dias, entre 8 e 15 de agosto, mais de um décimo da população da capital, Majuro, contraiu covid da variante Ômicron. “Estamos nos preparando para a fase mais difícil da epidemia agora em Majuro”, afirmou o ministro da Saúde, Jack Niedenthal, nesta segunda-feira, 15.

Depois que alguns casos foram confirmados em 8 de agosto, o número de infecções disparou, nesta segunda-feira, para 2,8 mil casos. A cidade tem 22,5 mil habitantes. Quase 75% dos testes são positivos. “O bom de ter todos esses outros países que a tiveram [a epidemia] antes de nós é que realmente entendemos como, do ponto de vista epidemiológico, essa variante do vírus se espalha: como um incêndio”, acrescentou o ministro.

Na sexta-feira 12, o presidente das Ilhas Marshall, David Kabua, assinou um decreto de “estado de desastre sanitário”, para permitir que o governo obtenha financiamento de emergência. O decreto foi publicado na conta oficial do governo no Twitter.

No total, o país — de 42 mil habitantes — registrou 3 mil casos positivos e três mortes. Várias agências internacionais, incluindo o Centro de Prevenção e Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos, devem enviar ajuda às Ilhas Marshall, o que inclui médicos.

Desde a terça-feira 9, os voos domésticos da companhia Air Marshall Islands e o transporte público de navio para ilhas remotas do país estão suspensos. Um voo especial que deveria levar uma equipe médica a ilhas distantes da ilha principal, onde está a capital, não pôde decolar, porque todos os pilotos da companhia haviam testado positivo.

Autoridades de saúde do país acreditam que o recente relaxamento das regras de quarentena e o número sem precedentes de chegadas tenham sido a causa da epidemia. O governo planejava abrir suas fronteiras e abandonar a quarentena obrigatória na chegada a partir de 1º de outubro, medidas que estão suspensas.





Source link

Receita de arroz carreteiro deliciosa para o almoço


Publicado em:
Última atualização:

O brasileiro adora a dupla feita pelo arroz e feijão. Mas há uma outra dupla muito famosa em algumas regiões do Brasil: o arroz com carne-seca, mais conhecido como arroz carreteiro.

Essa receita típica da culinária brasileira faz parte da história do Rio Grande do Sul. Pesquisadores apontam que a receita de arroz carreteiro surgiu e ganhou esse nome por conta dos mercadores de charque da região Sul, os chamados carreteiros. Eles ganharam essa alcunha pois passavam pelo local em carretas puxadas por bois.

A receita surgiu por conta da necessidade que os carreteiros tinham de ter um prato fácil de fazer, nutritivo e que ao mesmo tempo fosse saboroso. E é justamente na praticidade e no sabor que reside o segredo dessa receita que rapidamente conquistou as pessoas da região e rapidamente se espalhou por todo o Brasil. Ficou curioso para experimentar essa delícia? Veja abaixo como fazer arroz carreteiro para o seu almoço e delicie-se!

Arroz carreteiro

Arroz carreteiro

Fácil e rápido de fazer, o arroz carreteiro é muito saboroso e nutritivo. Perfeito para os dias em que você quer preparar uma comida rápida e deliciosa.

Prato Almoço, Jantar, Prato principal

Culinária brasileira

  • 2 xícaras (chá) de arroz
  • 500 g de carne-seca cortada em cubos
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho
  • 1 xícara (chá) de salsinha picada
  • 3 xícaras (chá) de água fervente
  • 2 cebolas grandes picadas
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • Rale os dentes de alho e pique as cebolas em rodelas finas. Em uma panela, aqueça o óleo em fogo médio. Acrescente a cebola e refogue por 2 minutos. Acrescente o alho e misture por mais 1 minuto.

  • Na mesma panela, adicione a carne seca e o arroz. Mexa bem, por mais 1 minuto.

  • Acrescente água fervente até ser suficiente para cobrir o arroz.

  • Deixe cozinhar até que o arroz absorva toda a água, por cerca de 20 minutos.

  • Ponha o arroz em uma travessa e pique, sobre ele, a salsinha. Acrescente na hora pitadas de pimenta-do-reino moída na hora a gosto.

Caso você queira trazer um pouco mais de cor para o seu prato, experimente acrescentar cenoura cortada em cubinho ou pequenos pedaços de pimenta dedo-de-moça. Fica uma delícia!

E aí, gostou dessa receita? Conheça também outras receitas para quem está cansado da dupla arroz e feijão. Aproveite e siga o nosso perfil no FacebookInstagram e Pinterest para ficar por dentro das novidades!





Source link

Prefeituras cadastraram 325 mil taxistas para receber o Bem-Taxista

Cerca de 325 mil taxistas foram cadastrados pelas prefeituras para receber o benefício emergencial Bem-Taxista. Deste total, 290 mil não possuem pendências, o que os coloca como habilitados para receber essa compensação concedida até dezembro, com o objetivo de amenizar os efeitos do alto preço de combustíveis e derivados para esses profissionais.

Os números, ainda não fechados, foram apresentados hoje (15) pelo ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, em coletiva para esclarecer eventuais dúvidas sobre este benefício e sobre o Auxílio Caminhoneiro, concedido pelo mesmo motivo a motoristas autônomos.

No caso dos transportadores autônomos, o governo trabalha tendo como referência a base de dados da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), segundo a qual há, no país, pouco mais de 848,3 mil caminhoneiros.

“Temos R$ 7,4 bilhões disponibilizados para os dois benefícios. Nossa intenção é a de usar todos esses recursos”, disse o ministro. Ele lembrou que, caso não sejam usados no prazo de 90 dias, os recursos “voltam para o Tesouro”.

O valor mensal máximo dos dois benefícios é de R$ 1 mil. O ministro lembrou que esse valor pode ser reduzido, caso a demanda seja maior do que a projetada, de forma a ultrapassar o limite orçamentário de R$ 7,4 bilhões. “O valor teto é R$ 1 mil, mas pode reduzir caso haja um boom de taxistas inscritos, por exemplo”, disse Oliveira. Ele acrescentou que, pelo mesmo motivo, é possível também a redução do número de parcelas previstas.

O ministro comentou que houve casos de prefeituras que não enviaram o cadastro de taxistas “por questões ideológicas”. “Não foi uma coisa alarmante, mas aconteceu”, ponderou sem detalhar quais teriam sido essas prefeituras.

Taxistas

O auxílio emergencial voltado a taxistas começará a ser pago amanhã (16) em seis parcelas de R$ 1 mil, “observadas a quantidade de taxistas elegíveis e o limite global disponível para o pagamento do auxílio”, conforme informado pelo Ministério do Trabalho.

As parcelas de julho e agosto serão pagas juntas, e a terceira parcela será paga em 30 de agosto. Têm direito ao benefício motoristas de táxi registrados nas prefeituras, titulares de concessões ou alvarás expedidos até 31 de maio.

Segundo o ministro, as prefeituras terão muitas oportunidades para atualizarem o cadastro, de forma a garantir que os beneficiários acessem seus direitos. “Sempre vamos permitir que os prefeitos complementem a informação”, garantiu Oliveira.

O motorista que estiver com o CPF pendente de regularização junto à Receita Federal não poderá receber o valor. Além disso, o benefício não poderá ser pago cumulativamente com o auxílio caminhoneiro. Mais informações podem ser obtidas por meio do aplicativo Caixa Tem.

Caminhoneiros

Os motoristas de carga autônomos receberam, no dia 9, as duas primeiras parcelas do Auxílio Caminhoneiro. O dinheiro foi depositado nas contas poupança sociais digitais, mas podem ser movimentado por meio do aplicativo Caixa Tem, que permite a compra em lojas virtuais cadastradas, o pagamento de contas domésticas e a transferência para qualquer conta bancária.

Criado pela emenda constitucional que estabeleceu estado de emergência por causa da alta do preço dos combustíveis, o Auxílio Caminhoneiro será concedido até dezembro para os profissionais cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTR-C), da ANTT até 31 de maio deste ano.

Também chamado de Benefício Emergencial Caminhoneiro (Bem-Caminhoneiro), o auxílio será pago a cada transportador autônomo, independentemente da quantidade de veículos que tiver. O pagamento será revisado mensalmente.

Para os próximos lotes de pagamento, a ANTT vai encaminhar ao Ministério do Trabalho e Previdência a relação dos transportadores autônomos de cargas que estiverem na situação “ativo” no RNTR-C.

Quem estiver com situação cadastral pendente ou suspensa poderá regularizar o registro na ANTT e receber as parcelas a partir da data da regularização. No entanto, o governo esclarece que não terá direito a parcelas que tenham sido pagas.

Source link

Austrália anuncia fábrica de vacinas de RNA mensageiro


A farmacêutica norte-americana Moderna anunciou nesta segunda-feira, 15, que vai abrir uma fábrica de vacinas com base na técnica chamada RNA mensageiro, a mesma usada nos imunizantes da Pfizer, na cidade australiana de Melbourne, a primeira no Hemisfério Sul. A intenção é produzir mais de 100 milhões de doses por ano de vacinas contra a covid, influenza e outras doenças.

A Austrália está entre os países que adotaram rígidas políticas de lockdown e confinamento durante a pandemia de covid-19, e o governo também teve problemas para comprar vacinas, que, nos Estados Unidos e na Europa, começaram a ser aplicadas no fim de 2020.

De acordo com o anúncio, o início das obras da nova fábrica está previsto para este ano e as instalações serão em uma das maiores universidades australianas, a Monash, em Melbourne. A previsão é concluir a construção em 2024.

Durante a pandemia, a Moderna desenvolveu a vacina Spikevax, com base na técnica de RNA mensageiro (mRNA). Diferentemente de vacinas que utilizam técnicas tradicionais, como a CoronaVac, que injetam no corpo o vírus inativado para que o organismo produza anticorpos contra determinada doença, as vacinas de mRNA utilizam um RNA sintético do vírus, produzido em laboratório. Em vez de injetar um vírus ou parte dele no organismo, a ideia das chamadas vacinas gênicas é fazer o próprio corpo produzir a proteína do vírus.

O primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese, disse nesta segunda-feira que o país tomou esta iniciativa não apenas para promover a ciência e a saúde, mas também por uma questão de “segurança nacional”. Em razão de sucessivos confinamentos, Melbourne viveu um dos períodos mais longos de bloqueio durante a pandemia.

Além disso, o país teve problemas significativos no fornecimento de vacinas. “Temos que fazer mais aqui. Não podemos continuar presumindo que não há problema em estar na base das cadeias de suprimentos globais”, argumentou Albanese.





Source link

Juros do ‘carnezinho gostoso’ fazem geladeira custar o dobro no Magazine Luiza


Clientes que optam pelo “carnezinho gostoso” do Magazine Luiza podem encontrar algumas surpresas no momento da negociação. Isso porque essa forma de pagamento exige uma entrada de mais de 30% do valor do produto e faz uma geladeira dobrar de preço, de R$ 3,4 mil para R$ 6,8 mil em 18 meses.

Para comprar pelo “carnezinho gostoso”, é preciso pagar uma entrada à vista em qualquer produto. O restante é pago no carnê. O prazo mais comum é dividir em 18 meses, informou reportagem do portal UOL, publicada no domingo 14. O site fez um levantamento de preços de produtos da loja.

No caso de uma geladeira Electrolux frost free inox duplex 371 litros, 110v, que custa R$ 3,4 mil à vista, o consumidor teria que desembolsar R$ 1,4 mil de entrada e mais 18 parcelas de R$ 300 no carnê. No total, sairia por R$ 6,8 mil, uma alta de 96%, segundo orçamento feito por um vendedor da Magalu.

A taxa não é a mesma para todos os produtos. Há alguns em que as condições são melhores. Para um colchão Probel Queen, de molas, com preço à vista de R$ 2,3 mil, a loja pede R$ 700 de entrada, mais 18 parcelas de R$ 135 no carnê. O total fica em R$ 3,1 mil, um aumento de 33%.

Apesar de a taxa básica de juros (Selic) estar em 13,75% ao ano, varejistas têm o hábito de cobrar juros mais altos porque muitas pessoas ou não prestam atenção à Selic, ou não têm outra opção, explicou Adriano Gomes, professor de finanças da ESPM e sócio-diretor da Methode Consultoria.

“Carnezinho gostoso”

No mês passado, a presidente da companhia, Luíza Trajano, fez um apelo aos clientes para irem às suas lojas. “Por favor”, pediu. A empresa acumula sucessivas quedas em suas ações. Ao ressuscitar os antigos carnês, Luíza disse: “Lembra aquele ‘carnezinho gostoso’? Suas compras serão em prestações que você poderá pagar e a gente ainda vai dar um descontinho nos juros. A gente aguarda vocês. Vá o mais rápido possível a uma de nossas lojas”.

Nota da Magazine Luiza

“Os valores apresentados nos exemplos citados não refletem a realidade dos juros de crédito direto ao consumidor (CDC), pelo carnê do Magalu. As principais ferramentas de crédito, no Magalu, são os cartões da empresa — Magalu Card e Cartão Magalu. Eles correspondem a 35% das vendas nas lojas.

Os cartões de terceiros representam outros 35% das vendas. O CDC é uma mais uma ferramenta de crédito usada por quem não tem acesso a cartões. Ele corresponde a apenas 6% das vendas em nossas lojas. Os juros cobrados estão em linha com o mercado.

O foco no cartão de crédito na estratégia do Magalu também foi evidenciado em campanha recente de crédito pré-aprovado, na qual 80% dos clientes eram elegíveis aos cartões da empresa.”





Source link

Skaf faz boletim de ocorrência contra suposta fraude


Ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf registrou um boletim de ocorrência no último sábado, 13, pedindo investigação sobre uma suposta fraude envolvendo seu nome como signatário de ‘carta pela democracia’.

Paulo Skaf diz que não assinou a “Carta em Defesa do Estado Democrático de Direito” e alega que seu nome foi incluído no manifesto de forma fraudulenta. O documento foi lido durante ato na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), na última quinta-feira 11.

O caso foi registrado como falsidade ideológica na Delegacia Eletrônica e encaminhado ao 98º Distrito Policial, Cidade Monções, Zona Sul de São Paulo. A expectativa é que Skaf compareça ao local para prestar depoimento.

Skaf soube da presença de seu nome na carta na última sexta-feira 12, um dia depois do evento de leitura do documento.

Em nota, a Faculdade de Direito da USP confirmou que Skaf foi incluído como apoiador da carta e que retirou o nome do empresário. De acordo com a universidade, os dados utilizados para o cadastro estavam corretos e vieram do número de IP do computador do empresário.

Além de ter presidido a Fiesp, Paulo Skaf foi candidato ao governo de São Paulo em três oportunidades, em 2010, 2014 e 2018. Depois de passagens por PSB e MDB, hoje o empresário é filiado ao Republicanos.

Ato em São Paulo

Divulgado como um evento apartidário, o ato de leitura da “carta pela democracia” na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo registrou manifestações políticas pró-Lula na última quinta-feira 11. O evento teve a presença de sindicatos, coletivos de minorias, professores e advogados membros do Prerrogativas.

Apesar de não mencionar o presidente Jair Bolsonaro (PL), a papelada defende as urnas eletrônicas, fala em “risco às instituições” e tece elogios aos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). O documento foi assinado por petistas, tucanos, banqueiros, juristas e alguns integrantes da classe artística.

Leia também: “O Brasil que ‘não aguenta’” , artigo de J. R. Guzzo na Edição 125 da Revista Oeste.

Assine a Oeste





Source link

Tudo o que você gostaria de saber sobre o café


O artigo desta semana de Evaristo de Miranda para a revista Oeste fala de uma obsessão dos brasileiros: o café, presente no nosso país desde 1727. Nós acordamos para o café da manhã, marcamos um café com os amigos, terminamos a tarde com um café com bolo.

O artigo de Evaristo explica detalhes sobre as duas principais espécies da planta, o teor de cafeína de cada uma, o número de cafeeiros plantados no Brasil (4 bilhões!), revela os principais estados produtores. Conta quais países são nossos principais importadores, confirma que somos os principais produtores. Mas o vice-campeão é uma surpresa.

“A cafeicultura brasileira é sustentável”, destaca Evaristo de Miranda. “Com tecnologias, fertilização sofisticada e irrigação, a cafeicultura aumentou a sua produtividade. Utiliza menos terra e produz mais. Para cada hectare de café há cerca de 50 toneladas de carbono estocados em reservas legais e áreas de preservação nas fazendas”.

Desde que apreciado com alguns cuidados (como não ser tomado em jejum), o café só traz benefícios. “Uma xícara de café é um prazer sensitivo, estimula a criatividade e a produtividade, aguça os sentidos, auxilia na digestão e perfuma o ambiente”, conclui Evaristo.

Assine a Oeste





Source link

EUA prendem 187 imigrantes cubanos que desembarcaram neste fim de semana


A detenção ocorre três dias após as autoridades de fronteira prenderem outros 19 cubanos que chegaram a Marathon Key, uma das ilhotas da região turística de Florida Keys

Reprodução/Twitter/@USBPChiefMIPImigrantes cubanos utilizam barcos precários para chegar aos EUA
Imigrantes cubanos utilizam barcos precários para chegar aos EUA

Os agentes da Patrulha de Fronteira dos Estados Unidos prenderam pelo menos 187 imigrantes de Cuba neste fim de semana no arquipélago de Florida Keys, incluindo os vários que chegaram neste domingo, 14. Os migrantes cubanos tocaram a terra nos EUA em dez desembarques diferentes, segundo explicou Walter N. Slosar, diretor da Patrulha de Fronteira no setor de Miami, através das redes sociais. Adam Hoffner, chefe de divisão de operações de Miami da agência de Alfândega e Proteção de Fronteiras, informou que o maior desembarque foi o de um grupo de 51 cubanos que chegaram nesta manhã em Key West. Já Slosar, por sua vez, postou no Twitter algumas fotografias dos barcos precários que os cubanos usaram para chegar aos EUA nos dez desembarques. A detenção ocorre três dias após as autoridades de fronteira prenderem outros 19 cubanos que chegaram a Marathon Key, uma das ilhotas da região turística de Florida Keys. De acordo com os números mais recentes fornecidos pela Guarda Costeira, desde 1º de outubro de 2021, data em que teve início o atual ano fiscal, as tripulações da entidade federal interceptaram 3.963 cubanos, quantidade muito acima dos 838 interceptados no ano fiscal anterior.

*Com informações da Agência EFE





Source link

Brasileiro: Fortaleza bate o Ceará por 1 a 0 no Castelão


O Fortaleza derrotou o Ceará por 1 a 0, neste domingo (14) no estádio Castelão, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O gol do jogo foi marcado pelo atacante Moisés aos 16 minutos da etapa inicial. Essa foi a terceira vitória seguida do Leão na competição, que, com o resultado, saiu da zona do rebaixamento, assumindo a 15ª posição com 24 pontos. Já o Vozão aparece na classificação em uma posição acima com 25 pontos.

Pelo Brasileiro, as equipes voltam a jogar no próximo domingo (21). O Fortaleza recebe o Corinthians e o Ceará visitará o Bragantino.





Source link