Secretaria de Saúde do Estado investiga 371 pessoas e já aponta outras 146 possíveis infecções

REUTERS/Dado Ruvic/Illustrationvaríola dos macacos
Monkeypox atinge majoritariamente homens no Estado do Rio de Janeiro, correspondendo a 92% do total

O Estado do Rio de Janeiro tem quase 1.279 casos de varíola dos macacos, Monkeypox, segundo dados da Secretaria de Saúde. A pasta aponta ainda que o número tende a crescer, já que 371 pessoas estão sendo investigadas, além de haver outros 146 casos prováveis. As confirmações devem ser feitas nos próximos dias. Ao todo, 2.972 casos foram descartados. O Rio já teve 4.758 notificações da doença até o momento, das quais 5 pessoas morreram. As cinco vítimas fatais eram do sexo masculino e possuíam algum comorbidade. Do total de doentes atualmente, 1.177 são homens, o que representa 92% do total. Além disso, 898 casos foram registrados em pessoas de 20 a 39 anos de idade. A principal forma de contágio da doença é contato íntimo, representando 35,6% das infecções. Por isso, a secretaria de Saúde continua reforçando a necessidade de hábitos como o não compartilhamento de objetos íntimos.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga





Source link

Comente a matéria: