Publicado em:
Última atualização:

A síndrome de Munchaüsen será abordada na atual novela das 21h, Travessia. A síndrome será diagnosticada na personagem Chiara, que é interpretada pela ex-BBB Jade Picon. Atualmente, Chiara vive um romance com Ari, personagem de Chay Suede. Pouco comentado, o transtorno ainda gera algumas dúvidas. Por isso, confira mais sobre a Síndrome de Munchaüsen, o que é, os sintomas e os tratamento.

Infelizmente, as causas exatas da síndrome são complexas e ainda pouco conhecidas. Apesar disso, com frequência pacientes apresentam algum transtorno depressivo em seu histórico.

Leia também: Transtornos mentais na infância: conheça os mais comuns

O que é a síndrome de Munchaüsen?

A síndrome de Munchaüsen, também conhecida como transtorno factício, é um transtorno psicológico em que a pessoa simula sintomas ou força o surgimento de doenças. Pessoas com esse tipo de síndrome inventam repetidamente doenças e frequentemente vão de hospital em hospital em busca de tratamento.

Sintomas

Normalmente, pessoas que possuem esta síndrome criam ou exageram sintomas. Podem chegar até, por exemplo, a alterar e contaminar testes. Na maioria das vezes, os pacientes passam por vários hospitais e têm seus sintomas investigados. Porém, essas passagens por hospitais podem ser até fantasiadas pelos portadores da síndrome.

Apesar de ser possível encontrarem evidências de autoindução – sintomas causados pelo próprio paciente – outros sinais possíveis são:

  • febre de origem desconhecidas;
  • lesões na pele;
  • dores em geral;
  • distúrbios endócrinos;
  • arritmias cardíacas;
  • insuficiência respiratória;
  • infecções de repetição;
  • simulação de alguma patologia.

Leia também: O que é bipolaridade? Psicólogo explica principais sintomas do transtorno

Tratamento

Caso não identifiquem sinais e sintomas de autoindução, é possível que o médico peça exames, recomende tratamento terapêuticos. Às vezes, solicita até outros procedimentos para averiguar a saúde do paciente e descartar outras doenças.

Muitas vezes, o tratamento é feito pelo psiquiatra juntamente com psicólogos e uma equipe multidisciplinar. Ou seja, o diagnóstico é um processo investigativo que demanda tempo e atenção especializadas. O tratamento, da mesma forma, deve ser feito com cautela, na tentativa de conscientizar o paciente e trazê-lo à realidade de sua situação.

Leia também: O que são transtornos psicóticos e quais as causas?

Source link

Comente a matéria: