Publicado em:
Última atualização:

Recentemente corri uma meia maratona. Após completar a prova, encontrei uns amigos e alguns deles estavam esgotados – ainda que não tivessem corrido num ritmo tão forte, pelo que conheço deles. Fomos tomar um suco e colocar os assuntos em dia. Notei que dois deles estavam muito cansados e a musculatura fizera um esforço acima do normal. Foi necessário batermos um papo e foi então que eles me contaram que não estavam fazendo musculação há meses. Portanto resolvi abordar a importância da musculação na coluna de hoje.

Qual a importância da musculação?

Muitas pessoas que correm pensam que não devem fazer musculação e somente devem treinar corrida. Obviamente a parte do treinamento na corrida representa a parte mais importante, mas não se deve treinar apenas correndo. Argumentos como “não quero ficar pesado ganhando músculos”, “a musculação me deixará mais lento”, “não quero cansar minhas pernas’’ são muito comuns. Acontece que a musculação é essencial para os corredores e proporciona muitos benefícios como ganho de força, redução do impacto nas articulações e economia de corrida.

Leia também: 20 melhores alimentos para praticantes de caminhada

Com os músculos mais fortes, o organismo fará menos esforço, o risco de lesão será minimizado e o desempenho será aprimorado. Não é preciso que a pessoa treine pesado e ganhe muita massa muscular, basta fazer bons exercícios, treinar com o volume, frequência e intensidade adequados para que os benefícios ocorram. Todos os atletas de corrida (de velocistas a maratonistas) realizam treino de musculação e certamente o desempenho despencaria caso parassem de fazer.

Numa meia maratona, por exemplo, é importante que além de força muscular, haja também resistência. Nesse sentido, é essencial que a pessoa considere as valências físicas que serão necessárias para o dia da prova. Para uma meia maratona, não faz muito sentido a pessoa treinar com cargas muito elevadas e não fazer um bom número de repetições. Sempre é preciso considerar o que será feito para que o caminho até o destino seja correto.

Leia também: A importância da musculação ao envelhecermos

Expliquei para os meus amigos que eles poderiam e deveriam inserir a musculação na rotina de treinos para que muitos benefícios acontecessem e eles não ficassem tão cansados na próxima corrida que fossem fazer. Dei algumas dicas de exercícios e algumas sugestões para que o treino fosse eficaz.

Certamente meus amigos correriam melhor após adicionarem a musculação na rotina de treinos. Não é preciso treinar por muitas horas nem muito pesado para que o desempenho na corrida seja aprimorado. É preciso haver qualidade no treino. Caso seja uma pessoa que goste de correr e não esteja fazendo musculação, tente reorganizar a agenda para que esse componente essencial faça parte de sua rotina de treinos.



Source link

Comente a matéria: