O deputado federal e pré-candidato ao Senado, Efraim Filho (União Brasil), aproveitou o embalo do anúncio do rompimento político do prefeito do município de Cabedelo, Vitor Hugo, com o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), feito nesta segunda-feira (28), e anunciou também que não está mais lado do socialista.

“Não existem mágoas e nem ressentimentos. Existe sim, um projeto de escolher aquele que será o melhor para a Paraíba, que é caminhar junto com Pedro Cunha Lima”, anunciou.

Publicidade

Para ele, “é hora de buscar o seu caminho e o caminho que levará à vitória não é mais ao lado de João Azevêdo” e que procurará “buscar a Paraíba sempre como principal bandeira deste projeto futuro”, enfatizou Efraim Filho, acrescentando que o governador entregou em troca da sua lealdade, compromissos e votos, a indecisão.

Foto: Ascom

O deputado lembrou ainda que ele e seu grupo político estiveram no primeiro momento construindo todos os tijolinhos que levaram João Azevêdo a ser eleito governador da Paraíba.

“É bom lembrar que se dependesse de Aguinaldo Ribeiro, João Azevêdo nem governador seria. Aguinaldo votou contra o governador, mas a premissa da política é disputa por espaço e nós estamos escolhendo esse nosso caminho”, destacou.

Ele também ressaltou que não sai magoado com Azevêdo e disse ter tido uma conversa serena, tranquila, e dentro das regras do jogo da política.

Para Efraim, foi cumprido um ciclo e agora um outro se inicia, frisando que tem o sentimento do dever cumprido quando se pensa no Estado da Paraíba como um todo.

Da Redação do Paraibaonline – João Pessoa (Hacéldama Borba)

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: