Veja alguns exemplos do folclore brasileiro

Nesta segunda-feira, 22, é comemorado o Dia do Folclore, uma data para reforçar a importância da cultura popular brasileira no cenário nacional. As representações folclóricas são diversas e exaltam a identidade cultural de um povo.

Entre figuras como Saci Pererê, Cuca, Boitatá, entre outras, os personagens folclóricos são diversos. Podemos considerar o folclore como uma cultura popular, ou seja, o que conhecemos de cultura erudita não é representado como parte do folclore.

O que é folclore?

Folclore são manifestações da cultura popular típicas de determinada região. Ela está inserida em diversos lugares, como dramaturgia, danças, histórias e representam, acima de tudo, a identidade social de um povo.

Uma obra reconhecida que explora o folclore brasileiro, é o Sítio do Picapau Amarelo, escrita por Monteiro Lobato. A história contém diversos elementos folclóricos, como o Saci Pererê, Cuca, entre outros personagens característicos da cultura popular.

Qual a origem do Dia do Folclore?

O Dia do Folclore surgiu em 1965, após um decreto assinado pelo presidente Humberto Castello Branco, oficializando a data. A partir de então, o dia 22 de agosto passou a ser celebrado como o Dia do Folclore em todo o país.

A preocupação em divulgar o folclore brasileiro surgiu durante a Semana da Arte Moderna, em 1922, onde várias obras apresentadas tiveram como inspiração o folclore. Em 1947, foi criada a Comissão Brasileira de Folclore.

De onde veio a palavra folclore?

A palavra folclore surgiu no século 19 pelo pesquisador britânico William John Thoms (1803-1885). Ela tem origem na junção das palavras  folk (traduzido para o português “povo”) e lore (que significa “conhecimento”). Assim, a palavra folclore ganhou o significado literal de “conhecimento do povo” ou “aquilo que o povo faz”.

Veja alguns exemplos do folclore brasileiro

Lendas

  • Negrinho do Pastoreio
  • Boto Cor de Rosa
  • Curupira
  • Boitatá
  • Saci

Brincadeiras

  • Rabo do burro
  • Corrida do ovo na colher
  • Cabo de guerra
  • Jogo de argolas
  • Corrida do saco

Canções

  • Peixe-Vivo
  • Cai, cai balão
  • Fui no Tororó
  • O Cravo e a Rosa
  • Caranguejo não é Peixe

Festas

  • Folia de Reis
  • Festas juninas
  • Procissão do Fogaréu em Goiás
  • Romaria de Finados do Juazeiro do Norte
  • Festival Folclórico de Parintins (ou Festa do Boi-Bumbá)

Por Exame

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: