Ativistas realizaram ato com mais de 15 mil pessoas de maneira contrária à exploração de uma mina de carvão a céu aberto

Christoph Reichwein / dpa / AFPGreta Thunberg
Greta Thunberg sendo carregada pelos policiais

Ativista Greta Thunberg foi detida pela polícia na Alemanha durante um protesto contra uma mina de carvão. Sem oferecer resistência, a jovem sueca de 20 anos foi carregada por dois policiais no momento da detenção. Após poucas horas presos, Greta e outros ativistas foram liberados. Ela chegou na cidade de Luetzerath, na região oeste do país, no último sábado, 14, para apoiar os manifestantes. No mesmo dia, um protesto reuniu mais de 15 mil pessoas e terminou em confronto com a polícia, com 10 feridos. O governo alemão quer expandir a mina a céu aberto que é considerada uma das maiores da Europa. Segundo as autoridades, as obras são necessárias para garantir a segurança energética do país após a interrupção do fornecimento de gás russo. Entretanto, os ativistas contrários ao projeto afirmam que as reservas atuais de Linheto, uma forma menor do carvão, já são suficientes.

*Com informações do repórter Paulo Edson Fiore





Source link

Comente a matéria: