Os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) recebem o 13º salário deste ano de maneira antecipada, a partir de abril. Uma nova portaria do Ministério do Trabalho e Previdência estabeleceu os pagamentos em duas parcelas.

Segundo dados do Governo, aproximadamente 30,5 milhões de aposentados e pensionistas receberão a antecipação pelo terceiro ano seguido. A medida injetará R$ 56,7 bilhões na economia e não altera o Orçamento de 2022, que já prevê o gasto.

Publicidade

O primeiro pagamento, de 50% do 13º salário, será feito entre 25 de abril e 6 de maio. A segunda parcela, que terá descontos relativos ao Imposto de Renda (IR), será paga entre 25 de maio e 7 de junho. A exceção é para quem começou a receber o benefício depois de janeiro deste ano. Neste caso, o valor será calculado proporcionalmente. Veja o calendário a seguir:

Primeira parcela para quem recebe um salário mínimo (R$ 1.212):

Final do benefício 1 – 25/4

Final do benefício 2 – 26/4

Final do benefício 3 – 27/4

Final do benefício 4 – 28/4

Final do benefício 5 – 29/4

Final do benefício 6 – 2/5

Final do benefício 7 – 3/5

Final do benefício 8 – 4/5

Final do benefício 9 – 5/5

Final do benefício 0 – 6/5

Primeira parcela para quem ganha acima do salário mínimo:

Final do benefício 1 e 6 – 2/5

Final do benefício 2 e 7 – 3/5

Final do benefício 3 e 8 – 4/5

Final do benefício 4 e 9 – 5/5

Final do benefício 5 e 0 – 6/5

Segunda parcela para quem recebe salário mínimo:

Final do benefício 1 – 25/5

Final do benefício 2 – 26/5

Final do benefício 3 – 27/5

Final do benefício 4 – 30/5

Final do benefício 5 – 31/5

Final do benefício 6 – 1º/6

Final do benefício 7 – 2/6

Final do benefício 8 – 3/6

Final do benefício 9 – 6/6

Final do benefício 0 – 7/6

Segunda parcela para quem recebe acima do salário mínimo

Final do benefício 1 e 6 – 1º/6

Final do benefício 2 e 7 – 2/6

Final do benefício 3 e 8 – 3/6

Final do benefício 4 e 9 – 6/6

Final do benefício 5 e 0 – 7/6

Com informações de Isto É

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: