De acordo com a Federação Italiana de Futebol, 11 dirigentes e ex-dirigentes do clube foram suspensos

ISABELLA BONOTTO / AFPJuventus Ex-jogador e ex-diretor da Juventus, Pavel Nedved, e o ex-presidente Andrea Agnelli, estão entre os suspensos

A Justiça Desportiva da Itália puniu a Juventus com a perda de 15 pontos no campeonato nacional devido a fraudes fiscais nas contratações de jogadores. De acordo com comunicado da Federação Italiana de Futebol (FIGC), 11 dirigentes e ex-dirigentes do clube foram suspensos. Entre eles o agora ex-presidente Andrea Agneli, sancionado com 24 meses. Outro que também está suspenso é o  ex-jogador e ex-diretor da Juventus, Pavel Nedved. O time italiano ocupava, na 18ª rodada, a terceira posição do Campeonato Italiano, com 37 pontos, a fez do líder Napoli. Agora, com a punição, a Juventus despencou para o décimo lugar, com os mesmos 22 pontos de Bologna e Empoli. Neste domingo, 22, o clube de Turim encara o Atalanta, em casa.

Source link

Comente a matéria: