Caso aconteceu nas redondezas do Maracanã, antes do duelo entre Flamengo e Vélez

Reprodução/ESPNA repórter Jéssica Dias, da ESPN, foi assediada enquanto trabalhava em Flamengo x Vélez Repórter Jéssica Dias, da ESPN, foi assediada enquanto trabalhava

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denunciou por importunação sexual o torcedor do Flamengo, Marcelo Benevides Silva, que acariciou e beijou a jornalista Jéssica Dias, da ESPN, durante uma transmissão ao vivo.

O caso aconteceu nas redondezas do Maracanã, antes do duelo entre Flamengo e Vélez, em 7 de setembro, pela semifinal da Copa Libertadores. Na denúncia, relata que a repórter se preparava para entrar ao vivo, quando Marcelo começou a gritar e proferir xingamentos.

O documento diz que Jéssica pediu para que ele se acalmasse. Na sequência, o torcedor teria pedido desculpas e colocado a mão em seus ombros, deslizado até o braço e, por fim, dado um beijo em seu ombro. Depois disso, vem a parte do vídeo em que Marcelo a beija no rosto, sem permissão, durante a transmissão ao vivo. O flamenguista foi detido. Após audiência de custódia ele teve prisão decretada e foi autuado por importunação sexual. No entanto, não dia seguinte o torcedor foi solto.

Source link

Comente a matéria: