Situação eleitoral e local de votação foram os pedidos mais feitos à Justiça Eleitoral

José Cruz/Agência BrasilFachada do TSE
Entre os dois meses que antecederam o primeiro turno das eleições 2022, o TSE computou mais de 20,6 mil demandas

A Ouvidoria do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou, em setembro, aumento de 83,4% no número de atendimentos em comparação a agosto. De acordo com a Justiça Eleitoral, entre os dois meses que antecederam o primeiro turno das eleições 2022 foram computadas mais de 20,6 mil demandas, subindo de  7.263 para 13.387. A maior parte dos chamados ocorreu pela internet. O número de atendimentos contabilizados em setembro de 2022 é 91% maior se comparado com o mesmo período de 2020, ano eleitoral anterior. Na época, foram registradas 6.856 solicitações. Além disso, segundo o TSE, o percentual de satisfação das pessoas atendidas variou de 78,97%, em agosto para 74,85%, em setembro. Sobre os assuntos mais procurados, a consulta sobre situação eleitoral e local de votação liderou o ranking de respostas em setembro deste ano. Ao todo, foram 1.681 solicitações, o que representa 12,71% do total para o mês. Outros pedidos foram relacionados a certidão circunstanciada com dados de inscrição eleitoral cancelada ou suspensa, aproximadamente 12,2% das demandas, dados insuficientes de eleitores (11,67%), e-Título (7,75%) e informações sobre mesários (7,51%).

 





Source link

Comente a matéria: