A Polícia Federal, juntamente com a Polícia Militar e a Coordenação de Inteligência Previdenciária desencadearam hoje, quarta-feira (23), a “Operação Syrus”, relacionada a crimes previdenciários no estado.
 
As investigações, que transcorriam desde 2020, eram voltadas para investigar um esquema de recebimento indevido de benefícios assistenciais e previdenciários com uso de documentos falsos por pessoas no sertão da Paraíba.
 
Mandados de busca expedidos pela Justiça Federal foram executados nos imóveis relacionados aos investigados. O prejuízo gerado aos cofres públicos gira em torno de dois milhões e setecentos mil reais.
 
O nome “Operação Syrus” está relacionado a a criação de pessoas fakes para uso indevido por meio de aplicativo.
 
SEÇÃO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E MARKETING INSTITUCIONAL DO 3º BPM

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: