Reprodução/Twitter/PMERJ
Policiais reforçaram o patrulhamento em Jacarezinho
Esse é o terceiro dia de tiroteios entre facções criminosas rivais em Jacarezinho e comunidades vizinhas

Os confrontos que aconteceram neste domingo, 20, em três comunidades da zona Norte do Rio de JaneiroJacarezinho, Manguinhos e Mandela – causaram uma morte e deixaram seis pessoas feridas ao serem baleadas. Esse foi o terceiro dia de tiroteios entre facções criminosas rivais na favela do Jacarezinho, onde a Polícia Militar fez uma operação neste domingo. De acordo com a secretaria de Saúde do município do Rio, cinco dos feridos não correm risco de morte e já receberam alta. O sexto é um policial militar que, segundo a PM, foi atendido no Hospital Central da corporação. Todos os baleados foram encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manguinhos. Conforme divulgado pela secretaria municipal de Saúde do Rio, um homem chegou morto e um precisou ser transferido para o hospital municipal Albert Schweitzer, que fica em Realengo.

Os outros feridos foram atendidos e receberam alta. Posteriormente, o paciente que foi encaminhado para o hospital de Realengo também deixou o hospital. Os nomes das vítimas não foi divulgado e também não se sabe de onde partiram os tiros que atingiram essas pessoas. De acordo com a PM, policiais do Batalhão de Choque realizavam neste domingo patrulhamento na comunidade do Jacarezinho, na região conhecida como Concórdia, quando criminosos começaram a atirar e um PM foi atingido. À tarde, policiais do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) reforçaram o patrulhamento no local e também em Manguinhos, tendo em vista os seguidos ataques de criminosos.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Source link

Comente a matéria: