Companheiro de Daniel Alves por muito tempo, Xavi Hernández se manifestou sobre a acusação de violência sexual e prisão do brasileiro. Neste sábado, 21, o atual técnico do Barcelona aproveitou a coletiva de imprensa do jogo contra o Getafe para destacar a dificuldade da situação e seu “estado de choque”.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 9,90/mês. Não perca!

“É muito difícil comentar uma situação dessas. Assim como todo mundo, estou surpreso e impactado, em estado de choque. Eu conheço o Dani. É um assunto da Justiça e ela que vai ditar o caso, não cabe a nós comentá-lo. Me sinto muito mal por ele, estou surpreso e impactado porque sei como ele é e como sempre foi com a gente”, comentou Xavi.

Entenda o caso

O jogador de 39 anos é acusado de ter agredido sexualmente uma mulher de 23 anos durante uma festa em uma boate, na madrugada de 31 de dezembro de 2022, e teve a prisão decretada sem fiança pela justiça após pedido do Ministério Público espanhol.

O atleta, que disputou a Copa do Mundo de 2022, nega ter cometido o crime. Ele foi inicialmente detido pela polícia enquanto prestava depoimento em uma delegacia na parte da manhã. Posteriormente, a justiça de Barcelona acatou a solicitação do MP e prendeu preventivamente o brasileiro, que tem a condição de investigado.

Em entrevista à TV espanhola, o jogador negou o crime. “Eu estive nesse lugar, e quem me conhece sabe que eu adoro dançar, mas sem invadir o espaço de ninguém, respeitando os espaços. E quando você vai ao banheiro, não tem que perguntar quem está lá para usar o banheiro. Não sei quem é essa senhorita, nunca a vi. Nesses anos todos, nunca invadi o espaço de ninguém sem autorização”, declarou.

Mais tarde, neste sábado, 21, Daniel Alves mudou a versão da história e revelou sim conhecer a suposta vítima. Segundo o atleta, a relação sexual entre os dois aconteceu, mas de forma consensual.

O julgamento ainda não tem uma data definida e o brasileiro pode pegar até 12 de prisão na Espanha. Enquanto isso, Daniel Alves segue em prisão provisória.

Continua após a publicidade



Source link

Comente a matéria: