Em novembro, a Balança Comercial brasileira fechou com o superávit de US$ 6,7 bilhões, de acordo com o Banco Central. O valor é um recorde na série histórica para o mês, iniciada em 1989.

As transações na Balança Comercial balseira, somando importações e exportações, atingiram quase US$ 50 bilhões ao longo de novembro. De acordo com os dados do Banco Central, a mineração e o agronegócio impulsionaram o superávit, sendo responsáveis por quase US$ 20 bilhões.

O faturamento com exportações ficou em pouco mais de US$ 28 bilhões, aumento de 30% sobre o mesmo mês no ano passado. Já as importações geraram a despesa de US$ 21,5 bilhões — apresentando, assim, uma queda de 5% para igual intervalo em 2021.

Nas constas externas brasileiras acumuladas entre janeiro e novembro, o saldo ficou em US$ 58 bilhões. Ou seja: quase 1% maior que os pouco mais de US$ 57 bilhões no mesmo período do ano passado. Além disso, a quantia está encostada com o valor somado em todo o ano passado: US$ 61,5 bilhões.





Source link

Comente a matéria: