O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, assumirá em 2023 a presidência do Conselho Consultivo das Américas (CCA) do Banco de Compensações Internacionais (BIS) — o “banco central dos bancos centrais” —, informou a autoridade monetária nesta segunda-feira, 21. O mandato, com duração de dois anos, terá início em 9 de janeiro.

Escolhido pelo conselho de diretores do BIS, Campos Neto será o sucessor de John Williams, presidente do Fed de Nova Iorque (o Banco Central dos Estados Unidos).

Criado em 2008, o Conselho Consultivo das Américas é formado pelos presidentes de bancos centrais dos oito países do continente americano integrantes da instituição — Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México e Peru.

O BIS, com sede na Suíça, tem entre suas atribuições dar suporte ao diálogo com outras autoridades responsáveis pela promoção da estabilidade financeira, conduzir pesquisas sobre políticas de interesse dos bancos centrais, além de ser a primeira contraparte para os bancos centrais em suas transações financeiras.

Source link

Comente a matéria: