Segundo os informativos dessa quinta-feira,  24, começou a guerra da Rússia contra a Ucrânia. 

Nós, do blogdonegreiros1.com,  estaremos acompanhando, sem postagens, por falta de confiança nos meios jornalísticos. É deprimente, mas, assim como partidarizaram a pandemia,  não será diferente com a guerra. 

Veremos imagens montadas, com fotos de fatos que favorecem a ideia de alguém.

Os midiáticos vão disputar a melhor propaganda, pró ou contra.

Os meios jornalísticos, sem escrúpulos, usarão as vítimas feitas por eles para chocar o mundo e, por outro lado, as manchetes serão cada vez mais frases de efeitos, para os interesses das mídias. 


Publicidade

Aplicativos que hoje nos repassam todo tipo de informação não pouparão os exageros para chamar a atenção das pessoas. 

Não será uma guerra fácil.

O presidente Jair Bolsonaro evita se posicionar, temendo a interpretação do lado oposto, contrário a tudo que ele faça ou pense. 

A popularização da informação é um dos melhores fatos do século, mas, também, um risco para a humanidade. 

A notícia precisa de checagem, para não trazer prejuízos ao ser humano.

A guerra não é somente bélica, mas também psicológica, e nesse cenário o jornalismo se mistura.

Quem ganha? 


Por Marcelo Negreiros – blogdonegreiros1.com

Comente a matéria: