O regime ditatorial da Nicarágua tirou do ar o sinal da CNN em espanhol na noite de quarta-feira 21. A informação foi divulgada pela rede de televisão durante a madrugada.

Segundo a CNN, até agora, o regime, comandado por Daniel Ortega, não informou o que aconteceu para interromper o sinal da emissora no país da América Central. “A CNN tentou obter alguma informação do governo e das operadoras a cabo que transmitem o sinal da CNN em espanhol sem obter uma resposta”, informou.

“Acreditamos no papel vital que a liberdade de imprensa desempenha em uma democracia saudável. Hoje, o governo da Nicarágua desativou nosso sinal de televisão, negando aos nicaraguenses notícias e informações de nossa rede, na qual eles confiam há mais de 25 anos”, informou a emissora.

Nicarágua fecha rádios no país

Recentemente, o regime que domina o país fechou sete emissoras de rádio católicas ligadas ao bispo Rolando Álvarez, forte crítico do ditador Daniel Ortega e membro da Conferência Episcopal da Nicarágua (CEN). As autoridades da Nicarágua acusaram o padre de tentar “organizar grupos violentos” e incitar “a realizar atos de ódio com o objetivo de desestabilizar o Estado”, informou a polícia.

Repressão

A repressão do governo Ortega aos seus opositores se intensificou em 2021, com a proximidade das eleições presidenciais e não parou de escalar desde então.

A partir de 2020, novas leis foram aprovadas no país e têm levado à prisão ou à fuga de opositores. Além disso, o Tribunal Eleitoral foi dominado por juízes ligados ao partido Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN).

Leita também: “A Nicarágua entra no clube das ditaduras”, reportagem publicada na edição 86 da Revista Oeste

Source link

Comente a matéria: