O ex-presidente Lula (PT) não estenderá a sua agenda de campanha para a Paraíba. A direção do PT paraibano até tentou, mas o petista preferiu não mudar a rota prevista na semana passada. Ontem Lula participou de um evento na Bahia e reuniu uma multidão de apoiadores.

Bahia: Lula acusa Bolsonaro de usar o ‘nome de Deus em vão’ (ig.com.br)

Hoje deverá passar por outros dois Estados nordestinos e na sexta fará campanha em Pernambuco.

Além da agenda lotada, nessa reta final de campanha, a campanha do petista deve ter considerado também o cenário político da Paraíba. No Estado, Lula apoiou no primeiro turno o senador Veneziano Vital (MDB) e declarou apoio no segundo turno à reeleição de João Azevêdo (PSB), mas o candidato dele no primeiro turno, Veneziano, passou a apoiar a candidatura de Pedro Cunha Lima (PSDB).

Pedro Cunha Lima recebe apoio de mais um prefeito – mnegreiros.com

Olhando o xadrez político estadual, não é difícil concluir que o ex-presidente preferiu manter a porta aberta para o eleitorado de Pedro e evitar o enfrentamento com um candidato que declarou neutralidade diante da polarização ‘Lula x Bolsonaro’.

Nos últimos dias de campanha, Lula e Bolsonaro devem priorizar os maiores colégios eleitorais do país.

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: