O dólar comercial fechou em alta pelo segundo dia seguido nesta quinta-feira, 19. No pregão da Bolsa de Valores do Brasil (B3) de hoje, a moeda norte-americana encerrou valendo R$ 5,17 — alta de 0,16%.

Ainda assim, a cotação final do dólar ficou abaixo da máxima do dia: R$ 5,25. Ao mesmo tempo, o Ibovespa terminou o pregão em alta, cotado a praticamente 113 mil pontos — crescimento de 0,6%.

A elevação do Ibovespa ocorre em meio a uma semana com notícias favoráveis. Entre elas, a expansão da economia chinesa e altas do petróleo. No pregão de hoje, as ações ordinárias e preferenciais da Petrobras ganharam cerca de 3%. As ordinárias da 3R Petroleum (RRRP3) subiram por volta de 2% e as da PetroRio, quase 4%.

Além disso, nessa quinta-feira, foi aprovado o pedido de recuperação judicial das Americanas. O juiz Paulo Assed Estefan, da 4ª Vara Empresarial do Rio, deu 48 horas para que a varejista apresente a lista completa de credores e os detalhes da dívida.

A empresa declarou um passivo de R$ 43 bilhões, com um total de quase 16 mil credores. Até o terceiro trimestre de 2022, data do balanço financeiro mais recente, a empresa informava ter um endividamento bruto próximo R$ 20 bilhões.

Conhecida no mercado, a Americanas é uma das maiores redes varejistas da América Latina. seus controladores são Jorge Paulo Lemann, Marcel Telles e Beto Sicupira, trio que comanda a Ambev.

Também hoje, Alexandre Padilha, ministro das Relações Institucionais declarou que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não tentará intervir no Banco Central.





Source link

Comente a matéria: