Levantamento mostra que maior pico ocorre por volta das 17h30, quando 1.720 usuários consomem drogas no local

ROBERTO HERRERA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOCracolândia - Helvétia
Cracolândia fica no Centro de São Paulo

Levantamento feito pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) aponta que 39% dos frequentadores da Cracolândia, localizada no Centro da capital paulista, vão ou vivem no local há pelo menos 10 anos. Além de São Paulo, outros dois locais em que os usuários se aglomeram foram traçados pelo estudo entre 2016 e 2022: Fortaleza e Brasília. De acordo com a amostra, foram consideradas como resposta o tempo que as pessoas moram ou frequentam os locais. Na Cracolândia em São Paulo, o levantamento aponta que, em média, 985 pessoas consomem drogas por volta das 9h30 de um dia comum. O número de usuários salta para 1.336 a partir das 12 horas. Já às 15 horas cai para 815. Por volta das 17h30, a Cracolândia registra o seu maior pico, quando 1.720 usuários consomem drogas no local. Além disso, de todos os entrevistados, 56,8% dos usuários disseram que vivem ou dormem no local a maioria das vezes. Em relação a Fortaleza, aproximadamente 43% dos dependentes que estão no bairro Moura Brasil comentaram que estão no local há ao menos 5 anos. O mesmo cenário que a Cracolândia de São Paulo acontece no “Buraco do Rato”, em Brasília. Segundo a pesquisa, 37,7% dos frequentadores disseram que já estão no local há 10 anos ou mais.





Source link

Comente a matéria: