O ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet é o maior doador individual para a campanha do presidente Jair Bolsonaro (PL) até o momento, com valor cedido de R$ 501 mil. A informação consta na plataforma de de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o TSE, a campanha de Bolsonaro arrecadou pouco mais de R$ 2,3 milhões por meio de doações de pessoas físicas. Isso representa cerca de 18,5% do valor total levantado pela organização da candidatura do presidente.

Somente a fatia doada por Nelson Piquet representa 4% de toda a quantia arrecadada pela campanha de Bolsonaro até o momento. A maior parte do dinheiro disponível, cerca de 80%, vem do fundo partidário: R$ 10 milhões.

Além da doação específica para a campanha de Bolsonaro, Piquet cedeu mais R$ 200 mil para uso do Partido Progressista (PP), sigla que faz parte da coligação do presidente. A informação também consta na plataforma pública do TSE.

Tricampeão mundial de F-1 (1981, 1983 e 1987), Piquet tem sido uma das personalidades de fora da política mais próximas de Bolsonaro. Em 2021, na comemoração do Dia da Independência em 7 de setembro, o ex-piloto dirigiu o Rolls-Royce presidencial na chegada do mandatário à cerimônia de hasteamento da Bandeira Nacional, em Brasília.

Piquet também já participou de atos públicos ao lado de Bolsonaro, inclusive já tomando a palavra para discursar a favor do governo federal.

Depois de encerrar a carreira no automobilismo, Piquet se dedicou à Autotrac, empresa especializada em tecnologias aplicadas ao monitoramento e rastreamento de frotas. A companhia tem sede em Brasília e mantém contratos com o Instituto Nacional de Meteorologia, órgão ligado ao Ministério da Agricultura.





Source link

Comente a matéria: