A “filha número três” de Silvio Santos, Daniela Beyruti, assumiu a vice-presidência do SBT.

Daniela participa ativamente dos negócios do pai desde os anos 2000 e foi responsável por levar várias novidades à emissora.

Atuação no SBT

Daniela é a filha mais velha do casamento de Silvio Santos e Iris Abravanel. É formada em comunicação social pela Liberty University, nos EUA.

Foi diretora-executiva do SBT entre 2008 e 2010, e diretora artística, de 2010 a 2015. Desde então, fazia parte do Conselho de Administração do Grupo Silvio Santos.

Enquanto esteve nesses cargos, o canal contratou nomes como Roberto Cabrini, Eliana, Danilo Gentili e comprou novos formatos de programa, como o “Esquadrão da Moda” e “Qual É o Seu Talento?”, além de ter sugerido a produção do remake de “Carrossel”.

Defensora de Silvio Santos

Daniela é defensora ferrenha do pai e, recentemente, criticou a série “O Rei da TV”, do streaming Star+, uma produção de ficção que conta a história do apresentador.

“Assisti a um episódio e não vou assistir mais. Me perguntei: quem produziu isso? Com que intuito? História mal contada, tantas inverdades, personagem arrogante, um Silvio Santos que ninguém conhece, nem conheceu. Lamentável! Perda de tempo”, detonou.

Ela também se posicionou após Silvio Santos protagonizar uma polêmica com Claudia Leitte no palco do Teleton. O apresentador recusou um abraço da cantora dizendo que poderia ficar “excitado”. Mais tarde, a cantora disse que ficou constrangida com o comportamento do dono do SBT.

Na ocasião, Daniela compartilhou uma série de fotos de Silvio Santos com a família e desabafou.

“Me pergunto: Será que um homem íntegro, trabalhador, super pai, avô, bisavô, bom marido, colega de trabalho, comunicador de décadas e pessoa que sempre semeou o bem, assediaria mesmo uma mulher na frente de sua esposa e filhas ou estaria fazendo seu trabalho de apresentador brincando no palco com uma outra artista? Saudades da TV de antigamente. Onde existia muita brincadeira e pouco constrangimento”, disse.

Críticas a Danilo Gentili

Em março do ano passado, Daniela, que foi uma das responsáveis pela contratação do apresentador do The Noite, fez coro às críticas ao filme de comédia “Como se Tornar o Pior Aluno da Escola”, lançado em 2017. O longa-metragem é baseado no livro de mesmo nome publicado por Danilo Gentili e é produzido e roteirizado pelo humorista.

A cena criticada por Daniela mostrava o personagem de Fabio Porchat assediando dois meninos e tentando convencê-los a praticar atos sexuais com ele.

“Nojo! Nojo de quem escreveu, nojo de quem produziu, nojo de quem dirigiu, nojo de quem atuou! Como pactuar com algo assim? Pedofilia! Abuso sexual! Abuso de autoridade! Que perverso. Que triste”, escreveu ela, em uma publicação nas redes sociais, compartilhando um vídeo do deputado federal André Fernandes.

Naquele mesmo mês, Danilo disse que teve uma conversa com Daniela em entrevista ao Morning Show, da Jovem Pan.

“Quando vi que ela postou eu fiz questão de ligar e procurar ela, eu só gostaria que ela me ouvisse porque eu tenho um carinho muito grande por ela. […] Conversei com ela e lembro que ela falou: ‘Olha, muito obrigada por ter me ligado. Mudou completamente o que eu penso e eu acho inclusive que você deveria falar isso publicamente’”, disse o apresentador.

A publicação, porém, segue disponível no perfil de Daniela.

Família

Daniela é casada desde 2002 com o empresário Marcos Beyruti, proprietário da marca de sobremesas congeladas Mr. Bey.

Juntos, eles têm três filhos: Gabriel, de 11 anos, Manuela, 9, e Lucas, 6.

Conheça as filhas de Silvio Santos:



Source link

Comente a matéria:

error

Quer receber notícias no momento da postagem? Se inscreva