A jovem grávida, de 17 anos, baleada ontem (16) em Manguinhos, na zona norte do Rio, permanece internada no Hospital Miguel Couto, no Leblon, zona sul do Rio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) do Rio, o quadro clínico da adolescente, que passou por uma cirurgia, é estável. A gestante de quatro meses está lúcida e em observação no CTI. O feto também está sendo acompanhado e com batimentos cardíacos normais. Inicialmente, ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da comunidade para receber os primeiros socorros, mas como precisava de maiores cuidados foi transferida para a unidade municipal hospitalar.

A adolescente foi atingida na barriga durante um confronto entre policiais e criminosos na manhã deste domingo (16). A Secretaria de Estado de Polícia Militar negou a realização de uma operação em andamento no momento em que a jovem foi ferida, mas confirmou que equipes do Batalhão de Ações com Cães (BAC) participavam de um patrulhamento no Jacarezinho, comunidade vizinha a Manguinhos.

De acordo com a secretaria, os policiais militares que estavam na ocorrência informaram que uma equipe se deslocava pela Avenida dos Democráticos, na altura da comunidade onde a jovem foi ferida, “quando indivíduos armados efetuaram disparos ao avistarem a viatura e ocorreu reação. No momento do fato, não foram encontrados feridos no local”.

A PM acrescentou que o batalhão foi informado depois que uma pessoa ferida deu entrada na UPA de Manguinhos, na manhã de ontem, e que a ocorrência foi encaminhada para a 21ª DP.

Source link

Comente a matéria: