O candidato do PT ao governo de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou nesta sexta-feira, 14, que irá acabar com o centrão em São Paulo, caso vença a disputa ao governo do Estado. Haddad foi sabatinado pelo pool de veículos integrado por VEJA, SBT, CNN, Terra, NovaBrasil e Estadão/Eldorado.

“Vou acabar com o centrão em São Paulo. Não vou tolerar esse tipo de toma lá da cá. Fico atônito de ver como meu adversário diz, com todas as letras, que a turma do centrão virá para o estado, inclusive com o orçamento secreto, que ele diz que não dá para contornar. Podemos ter na primeira vez na história um governo de coalizão no estado que não precise centrão para governar”.

Haddad respondeu às perguntas de jornalistas dos veículos de comunicação por quase uma hora. O candidato ao governo de São Paulo Tarcísio de Freitas (Republicanos) não participou. Ele alegou compromissos na agenda.

O candidato petista citou ainda suas ações quando ministro da Educação e como prefeito de São Paulo ao ser perguntado sobre o tema: “Fizemos a maior expansão das universidades federais e de bolsas do Prouni, a maior expansão da educação profissional e superior. Em São Paulo, fiz 425 creches, sendo 893 enquanto ministro, época em que triplicou a matrícula em creches no país”.





Source link

Comente a matéria: