Vanessa Robles, jornalista da emissora equatoriana ‘TeleAmazonas’, estava fazendo uma reportagem ao vivo quando foi abordada por dois criminosos

Reprodução/TeleAmazonasEcUma jornalista tentou ser assaltada em frente ao estádio da final da Libertadores 2022, em Guayaquil, no Equador
Uma jornalista tentou ser assaltada em frente ao estádio da final da Libertadores 2022, em Guayaquil, no Equador

A jornalista Vanessa Robles, funcionária da emissora equatoriana “TeleAmazonas”, sofreu uma tentativa de assalto enquanto estava ao vivo na TV fazendo uma matéria em frente ao estádio Monumental Isidro Romero Carbono, em Guayaquil, palco da final da Libertadores da América 2022 – a decisão entre Flamengo e Athletico-PR acontece no próximo sábado, 29. “Estávamos ouvindo a reportagem quando dois sujeitos em uma moto vieram roubar meu celular e dissemos que estávamos ao vivo, apareceu um policial e fugiu”, disse a repórter ao seu portal de notícias. Em vídeo que circula nas redes sociais, Vanessa aparece avisando dois bandidos, que estavam em uma moto, de que estava ao vivo. Os infratores, então, cobrem os rostos e deixam o local imediatamente. A cidade, vale lembrar, estava convivendo com uma onda de violência até o mês passado, quando o Governo do Equador chegou a decretar um estado de exceção. O caos no município aumentou principalmente por causa do narcotráfico, resultando em assassinatos, guerras de gangues, assaltos e até atentados com explosivos.





Source link

Comente a matéria: