No primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República na noite deste domingo (28), na Band, só começa às 21h, mas as polêmicas já iniciaram. Os dois principais candidatos na disputa, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL) pediram para não ficarem lado a lado no debate. A posição dos candidatos já estava definido por meio de um sorteio realizado entre os representantes dos candidatos.

O pedido de troca de locais causou divergências entre os demais candidatos. O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, protestou contra a solicitação feita pelos adversários.

“O fato é inusitado, uma vez que a emissora e todas as campanhas assinaram e se comprometeram com as regras e sorteios realizados. Mas, pelo princípio democrático, Ciro seguirá firme para mostrar ao Brasil que, ao contrário dos outros dois candidatos, não tem medo de cara feia e que é o único que tem propostas para o Brasil”, escreveu a assessoria do candidato.

Também participam o ex-ministro Ciro Gomes (PDT-CE); o empresário Luiz Felipe D’Avila (Novo-SP); a senadora Simone Tebet (MDB-MS); e a senadora Soraya Thronicke (União Brasil-MS). A transmissão ocorrerá às 21 horas. Os cinco candidatos chegaram na emissora com cerca de uma hora de antecedência.

Acertou-se com as assessorias dos candidatos que não haverá plateia no estúdio. Apenas quatro assessores por campanha poderão assistir no local a atração. O debate terá três blocos, nos quais os candidatos falam de temas sorteados, responderão a perguntas de jornalistas e farão perguntas entre si.





Source link

Comente a matéria: