Ex-PM e youtuber teve mandato como vereador do Rio de Janeiro cassado na semana passada por quebra de decoro parlamentar

PAULO CARNEIRO/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO – 07/04/2022Gabriel Monteiro, de terno e gravata, na Câmara Municipal do Rio
Ex-vereador é acusado de assédio moral, físico, psicológico e até sexual

O Ministério Público Eleitoral (MPE) quer impedir que o vereador cassado Gabriel Monteiro (PL) possa fazer campanha eleitoral para o cargo de deputado federal pelo Estado do Rio de Janeiro. O programa eleitoral de rádio e televisão começa nesta semana. O MPE pede também à Justiça eleitoral que o ex-PM e youtuber não use recursos públicos na campanha. O vereador cassado é filiado ao PL e a candidatura está em análise após a perda de mandato por quebra de decoro parlamentar. Gabriel Monteiro foi o terceiro mais votado para a Câmara do Rio em 2020. No transcorrer do processo de cassação, registrou a candidatura para concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados, mas o PSOL está questionando a candidatura. Monteiro foi cassado na semana passada por ampla maioria na Câmara municipal: 42 votos a favor e 2 contra. O ex-vereador é acusado de assédio moral, físico, psicológico e até sexual. Ele também é réu em dois processos na Justiça.

Confira a reportagem na íntegra:

*Com informações do repórter Rodrigo Viga





Source link

Comente a matéria: