Neymar não participou da festa da Bola de Ouro (passou a maior parte da temporada passada lesionado e não integrou a pré-lista de 30 finalistas), mas não deixou de opinar sobre a premiação da última segunda-feira, 17. Em um postagem nas redes sociais  nesta terça, 18, o astro do PSG saiu em defesa de Vinicius Junior, do Real Madrid, o oitavo colocado. Segundo Neymar, seu companheiro de seleção brasileira merecia, no mínimo, integrar o pódio.

Assine #PLACAR por apenas R$ 9,90/mês. Não perca!

“Benzema merecido, craque! Agora o Vini Jr estar em oitavo não dá. Mínimo entre os três”, escreveu Neymar, exaltando o ganhador do prêmio, o francês Karim Benzema. O pódio da eleição foi completado pelo senegalês Sadio Mané, ex-Liverpool, hoje no Bayern de Munique, e pelo belga Kevin De Bruyne, do Manchester City.

Neymar, que tem como melhor colocação na Bola de Ouro dois terceiros lugares, passou dias mais turbulentos que os finalistas do prêmio da ‘France Football’. Ele está na Espanha participando do julgamento envolvendo sua transferência do Santos para o Barcelona, ainda em 2013.

Continua após a publicidade

O craque da seleção brasileira não foi o único a reclamar da premiação da Bola de Ouro. O belga Thibaut Courtois, do Real Madrid, recebeu o prêmio Yashin, de melhor goleiro, mas acredita que merecia estar entre os três melhores no geral (acabou em sétimo).

“Para um goleiro, é impossível ganhar esse prêmio. Não sei o que mais posso fazer. O que fizeram Neuer, Ter Stegen, Oblak… No ano passado, você ganha a LaLiga, a Champions da forma como ganha, e fica em sétimo. Nem um pódio…”, reclamou Courtois, em entrevista à rádio espanhola COPE.

O alemão Toni Kroos também usou as redes para ironizar o prêmio de melhor clube do ano dado ao Manchester City. O Real Madrid, campeão europeu e espanhol, terminou em terceiro. “Terceiro melhor time em 2021/2022. Feliz, Real Madrid?”, escreveu o meia.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN! 

Continua após a publicidade





Source link

Comente a matéria: