Nesta segunda-feira (23/01), a dupla britânica Pet Shop Boys revelou que está se preparando para um novo lançamento. Em breve, disponibilizará quatro faixas que não entraram para o álbum “Super”, de 2016. O material fará parte da edição deste ano do livro Annually, disponível a partir de abril.

Imagem de conteúdo da notícia "Pet Shop Boys anuncia EP" #1

Toque para aumentar

Chamado de “Lost”, o EP será composto pelas canções “The lost room”, “I will fall”, “Skeletons in the closet” e “Kaputnik”, gravadas como demos em Londres Neil Tennant, integrante da banda, explicou que, apesar de terem sido gravadas junto com as canções do seu décimo terceiro álbum de estúdio, as faixas não foram selecionadas porque “não se encaixavam” no disco.

“Elas fazem sentido juntas, especialmente no quesito da produção, são super eletrônicas. Algumas são relevantes ao mundo neste momento”, compartilhou através de um comunicado no site oficial e nas redes sociais. O anúncio também descreve o projeto como uma representação de um “ponto filosófico e político”, onde “parece que o mundo está perdido em termos da direção que está tomando”.

O material será liberado inicialmente no formato físico, em CD. Até ser liberado digitalmente, só poderá ser adquirido em conjunto com o livro dos Pet Shop Boys. O site oficial do grupo já está aceitando pedidos antecipados.

A última produção completa da dupla foi o disco ‘Hotspot’, promovido em 2020. Seus lançamentos mais recentes foram feitos em 2022 e 2021 com os singles ‘Purple Zone’, em colaboração com Soft Cell, e ‘Cricket Wife’.

Em 2023, os músicos viajarão para tocar em festivais de música e marcar presença na Europa em maio, junho e julho. Ainda no primeiro semestre deste ano, espera-se que comecem a compor seu próximo álbum de estúdio.

Veja também:

BRIAN MAY QUER FAZER PARCERIA COM AVRIL LAVIGNE E PAUL MCCARTNEY

‘MONET À BEIRA DA ÁGUA’ MERGULHA NAS PRINCIPAIS OBRAS DO IMPRESSIONISMO

Imagem de conteúdo da notícia "Pet Shop Boys anuncia EP" #2

Toque para aumentar

Descontos especiais para distribuidores

Source link

Comente a matéria: