Uma mulher foi vítima de balas perdidas durante o tiroteio, mas não há informações sobre o estado de saúde dela

Reprodução/Facebook/41º Batalhão de Polícia Militar – PMERJFarda com detalhe do logo do 41º Batalhão de Polícia Militar - PMERJ
Maioria dos agentes de segurança baleados no Rio de Janeiro em 2022 é PM

O policial militar Maicon Borges da Silva, de 38 anos, morreu nas últimas horas no Rio de Janeiro após ter o carro baleado por criminosos perto da estação de trem de Vigário Geral, na zona norte da cidade. O PM estava na corporação desde 2011. Ele deixa uma esposa. Uma passageira de ônibus também foi atingida por balas perdidas durante o tiroteio, um na barriga e outro na perna. Ainda não há informações sobre o estado de saúde dela. Neste ano de 2022, segundo a plataforma Fogo Cruzado, 95 pessoas foram atingidas por balas perdidas no Rio de Janeiro e região metropolitana, das quais 24 morreram. Só nesta semana, até a quinta, foram sete vítimas, cinco mortos e dois feridos. A plataforma também registrou 130 agentes de segurança baleados em 2022, dos quais 65 morreram. A maioria dos mortos era policial militar. Um outro policial também foi morto nesta semana ao entrar por engano em uma favela do Rio de Janeiro.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga





Source link

Comente a matéria: