O prefeito de Cabedelo, Vítor Hugo (União Brasil), acusou o governador João Azevêdo (PSB) de “abandonar” o deputado federal Efraim Filho (União Brasil) na disputa pelo Senado. Efraim trava uma batalha nos bastidores com o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP) que também almeja a vaga na chapa majoritária governista.

“Que governo é esse que abandona um aliado que o elegeu? Traz um opositor para satisfazer o ego familiar. Três senadores de Campina Grande? É isso? A Grande João Pessoa não terá representante no Senado? Está na hora de dar um basta no poder pelo poder. Estou com você Efraim”, publicou o gestor no Twitter.


Publicidade

Vitor Hugo foi reeleito prefeito em 2020, inclusive com apoio do governador João Azevêdo e do grupo Ribeiro, a exemplo da senadora Daniella Ribeiro (PP). Apesar da publicação do gestor cabedelense, o governador ainda não tornou pública a decisão de quem será o seu companheiro de chapa.


Na semana passada, em entrevista ao programa Hora H, da Rede Mais Rádio, Azevêdo afirmou que iria se reunir com Efraim e Aguinaldo para chegar a uma definição.


Em agosto do ano passado, Vitor Hugo chegou a defender João de cobrança por parte de aliados. “As decisões do governador devem ser respeitadas, é um desrespeito o que vem sendo feito por algumas lideranças dentro do próprio grupo. João é a maior liderança política do Estado e o martelo final sobre quem estará ao lado dele na cabeça de chapa será batido por ele no momento certo”, disse Hugo à época.


Matéria de MaisPB

Comente a matéria: