A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, de 36 anos, anunciou na sexta-feira 19 que realizou um teste antidrogas depois de críticas por imagens suas dançando durante festas.

Os vídeos começaram a circular nas redes sociais na quarta-feira 17, mas foram gravados no começo do mês. Neles, Marin aparece dançando com artistas e políticos finlandeses. A premiê afirmou que realizou o teste para “afastar rumores” de que teria consumido substâncias proibidas na festa. Marin disse que o resultado será divulgado na próxima semana.

Os vídeos publicados no Instagram não mostram Sanna Marin utilizando drogas ilícitas. A premiê declarou que não fez o uso das substâncias “nem mesmo na adolescência” e que os testes foram realizados para sua própria “proteção legal”.

O evento foi criticado por opositores como uma demonstração de “comportamento inadequado” em relação ao cargo de chefe de governo. Já apoiadores afirmaram que a primeira-ministra tem o “direito de festejar”. Esse foi o mesmo argumento que Marin utilizou logo depois do vazamento dos vídeos.

Além da primeira-ministra, o evento contou com a presença do parlamentar Ilmari Nurminen, do partido social democrata, o mesmo de Marin. Também aparecem a cantora Alma e sua irmã Anna, a influenciadora Janita Autio, a apresentadora Tinni Wikström, a radialista Karoliina Tuominen e a estilista Vesa Silver.

Sanna Marin foi eleita primeira-ministra da Finlândia, em 2019, aos 34 anos, sendo a mais nova do mundo na época.

 





Source link

Comente a matéria: