Vídeo de Sanna Marin dançando em festa privada foi divulgado pelo jornal Iltalehti e causou polêmica no país

Reprodução/Youtube/
The Telegraph
primeira-ministra da Finlândia descendo até o chão
Sanna apareceu em vídeo se divertindo com amigos e família; a política tenta ‘limpar a reputação’

A primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, negou nesta sexta-feira, 19, ter consumido drogas durante uma festa em que foi filmada dançando. Ela garantiu que se submeteu a exame de detecção de substâncias entorpecentes, para “limpar a reputação”. “Nos últimos dias se tornaram públicas acusações bastante graves, de que consumi drogas. Para minha própria proteção legal, embora considere que a exigência de um teste de drogas não é razoável, para eliminar todas as suspeitas, hoje me submeti a um”, afirmou a chefe de governo, em entrevista coletiva. O resultado dos exames será divulgado dentro de uma semana. Marin, de 36 anos, se viu em uma polêmica após a divulgação do vídeo em que aparece cantando e dançando em uma festa privada. “Nunca na minha vida, nem mesmo na juventude, usei drogas. Quem dera que estivéssemos em uma sociedade em que se possa confiar na minha palavra. Mas, como querem levantar essas suspeitas, fiz o teste. Também tenho o direito da presunção de inocência, e gostaria que não lançassem estas acusações”, disse. O vídeo foi publicado na última quarta-feira pelo jornal “Iltalehti”. Fragmentos originais foram publicados em um grupo fechado do Instagram, com menos de 100 integrantes, entre eles, Marin. “Lamento que esse material tenha sido tornado público, para que todos pudessem ver”, afirmou a primeira-ministra, visivelmente contrariada. No vídeo, é possível ouvir os participantes da festa cantar em coro uma música em que é mencionada a palavra “jauhojengi”, que faria referência, para alguns, ao consumo de cocaína.

*Com informações da EFE





Source link

Comente a matéria: