Outra brasileira que subiu ao pódio foi Pâmela Rosa, que ficou com a prata

LORANDO LABBE/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDORayssa Leal
Rayssa Leal volta as pistas do Rio nos dias 5 e 6 de novembro no Super Crown, etapa final da Street League

A skatista Rayssa Leal se tornou bicampeã do STU Open Rio, realizado neste domingo, 16, na Praça do Ó, na capital fluminense. Outra brasileira que subiu ao pódio foi Pâmela Rosa, que ficou com a prata. A terceira colocação foi conquistada pela australiana Chloe Covell, de apenas 12 anos. “Todas as meninas andaram muito. Eu estou muito feliz de ver o nível aumentando, cada dia mais meninas começando a andar de skate. Eu estou muito feliz de estar aqui com a minha família e de ter conseguido o pódio. A Chloe, a Pâmela, a Marina, a Gabi. Todo mundo andou muito bem. Eu só tenho que agradecer a elas por estarem no skate e ao STU por estar proporcionando tudo isso para gente”, comemorou Rayssa Leal. Nas voltas completas, Rayssa Leal teve o domínio ameaçado por Pâmela Rosa. A skatista de São José dos Campos fez a maior pontuação nas voltas completas: 6,75, contra 6,65 da Fadinha. Mas Rayssa assumiu a liderança nas manobras e fez a maior pontuação do torneio, totalizando 20,54. Pâmela Rosa terminou com 18,82, contra 16,84 de Chloe Covell. Ambas estarão de volta nas pistas do Rio nos dias 5 e 6 de novembro no Super Crown, etapa final da Street League.

* Com informações do Estadão Conteúdo.





Source link

Comente a matéria: