Durante a sabatina na Record TV neste domingo, 23, o presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), afirmou que se Lula (PT), candidato à Presidência, for eleito, o Brasil “quebra”. A proposta inicial era um debate entre o chefe do Executivo e o petista. No entanto, o ex-presidente desistiu de participar.

“Se Lula administrar o Brasil, o país quebra”, declarou Bolsonaro. “Se o PT governar o Brasil, os aposentados vão perder suas aposentadorias. Além disso, todos os senadores do PT foram contra a redução dos preços dos combustíveis.”

O presidente ainda destacou que suas falas referentes ao petista não são “nenhum ataque”. “As inserções que colocamos nas televisões, em grande parte, são vídeos do próprio Lula”, disse o chefe do Executivo.

Lula “fujão”

Ao referir-se ao ex-presidente, Bolsonaro também chamou Lula de “fujão” por não ter ido ao debate. Além disso, comentou os ataques recentes do petista contra ele. “Lula quer tirar proveito da prisão do Roberto Jefferson (PTB-RJ) para me atacar”, disse o presidente. “Inclusive, Jefferson entrou com uma notícia-crime contra mim no Superior Tribunal Militar, em setembro deste ano. Como ele pode ser meu amigo?”

O presidente argumentou que aqueles que anularem seus votos, em 30 de outubro, estariam “ajudando Lula a ganhar nas urnas”. Bolsonaro também aproveitou a ocasião para desculpar-se sobre algumas de falas. “Elas refletem a minha indignação”, explicou. “Agora, você vai anular seu voto porque eu falei um pouco grosso? Não tenho compromisso com o erro. Quando erro me desculpo.”

O Tribunal Superior Eleitoral decidiu equivocadamente quando censurou a Jovem Pan, segundo o chefe do Executivo. Contudo, ele ressaltou que foi o PT quem pediu a censura. “Eles estão dando uma amostra sobre como será em seu eventual governo”, observou.

Debate sem Lula

Esse é o segundo debate que Lula decide não participar no segundo turno. Na sexta-feira 21, um grupo de mídia iria promover um embate entre os presidenciáveis, mas o petista alegou incompatibilidade de agendas para justificar a ausência. Desse modo, o debate também foi substituído por uma entrevista com Bolsonaro.

Até o momento, o próximo encontro entre Lula e o presidente deve ocorrer na sexta-feira 28, na TV Globo. O segundo turno das eleições de 2022 acontece no próximo domingo 30.

Source link

Comente a matéria: