Band, Jovem Pan e RedeTV já definiram as primeiras datas da agenda de encontros entre os candidatos ao Palácio do Planalto
Faltando menos de nove meses para as eleições, os debates entre os candidatos à presidência da República já têm data marcada em três emissoras: Band, 4 de agosto, Jovem Pan, 9 de agosto, e RedeTV, 2 de setembro. Tradicionalmente, a Rede Globo promove o último encontro entre os presidenciáveis na quinta-feira que antecede a votação, mas a emissora ainda não confirmou a data para este ano. Se a tradição for mantida, o debate da Globo deverá ser no dia 29 de setembro — o primeiro turno será em 2 de outubro. SBT e CNN Brasil informaram que realizarão debates, mas por ora não há confirmação de datas.
Publicidade

Representantes das pré-candidaturas de Sergio Moro (Podemos), Ciro Gomes (PDT) e João Doria (PSDB) afirmaram a VEJA nesta quarta-feira, 19, que certamente os três participarão de todos os debates marcados pelos canais de TV. Já a equipe de Lula informou que ainda não discutiu a participação em debates porque o PT nem sequer lançou a chapa oficialmente. Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que pretende marcar presença nesses eventos. A direção da Band diz ter recebido sinalização de que todos comparecerão ao programa.

Os encontros entre os candidatos deste ano deverão adicionar tempero extra aos ingredientes de tensão da disputa: favorito nas pesquisas até agora, Lula deverá ficar frente a frente com o ex-juiz Sergio Moro, seu algoz na operação Lava Jato. A agenda de debates também será a oportunidade de Bolsonaro participar desses encontros depois das ausências em 2018, justificada pelo episódio da facada em Juiz de Fora (MG). Naquele ano, ele só participou dos debates promovidos pela Band e pela RedeTV.


Com informações de Veja

Comente a matéria: