DOHA – É oficial: o experiente zagueiro Thiago Silva, do Chelsea, será o capitão da seleção brasileira na estreia da Copa do Mundo do Catar diante da Sérvia, na próxima quinta-feira, 24, em Lusail. A informação foi confirmada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) na tarde desta terça-feira, 22.

Assine #PLACAR digital no app por apenas R$ 9,90/mês. Não perca!

A escolha do zagueiro foi oficializada após a realização de um treino fechado, em que o técnico Tite já esboçou o time titular para a primeira partida. Aos 38 anos, o jogador disputa o quarto Mundial da carreira e já foi o capitão do país em outras oportunidades.

Já como capitão, Thiago Silva participará de entrevista coletiva nesta quarta-feira, 23, véspera da estreia. Ao lado do defensor estará o treinador Tite, que ainda prefere manter mistério sobre a escalação diante dos sérvios.

Para a partida, Tite deve optar pela escalação do atacante Vinicius Júnior. A opção mais ofensiva faz com que Lucas Paquetá exerça função mais centralizada no meio-campo. Com isso, o volante Fred será reserva.

No último ano, em entrevista coletiva em Manaus pouco antes da partida contra o Uruguai, pelas Eliminatórias, o defensor desabafou sobre quando foi “tachado de chorão” para defender Neymar de críticas.

Ele lembrou das dificuldades que passou após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha na Copa do Mundo de 2014 quando exercia a função de capitão da equipe. “Eu passei por momentos semelhantes aqui dentro, principalmente depois da Copa de 2014. Fui tachado como chorão, como fraco, como psicologicamente muito fraco. Coisa que vai te machucando e que você sabe que você não é”, desabafou na ocasião.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN

Continua após a publicidade

Source link

Comente a matéria: