Conhecido como Gastão, o peixe era querido pelos visitantes do local; espécie conhecida como cação-mangona é ameaçada de extinção

Reprodução/AquaRiotubarão mangona
O animal fazia parte de pesquisa que buscava reverter o risco de extinção da espécie

Um tubarão da espécie mangona morreu de câncer no Rio de Janeiro. Conhecido como Gastão, ele protagonizava o Grande Tanque no aquário AquaRio, ponto turístico da capital fluminense. Segundo relatórios, o animal enfrentava um tumor delicado, que afetava as células escamosas. O câncer havia sido identificado há sete meses, após exames de rotina que notaram estranheza no comportamento de Gastão. O bicho foi levado para observação, onde especialistas analisaram novas coletas de exames e identificaram seu câncer, já na fase da metástase. O cação estava na casa dos 20 anos e era também usado por pesquisadores que buscavam uma alternativa para a dizimação de sua espécie. O AquaRio chegou a formar um trio de tubarões-mangona, com Gastão, Donald e a fêmea Margarida, que morreu em 2021.





Source link

Comente a matéria: