O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, vai realizar as eleições no país um mês antes do previsto: em 14 de maio. O anúncio foi feito no domingo 22 por meio de um vídeo divulgado pelo gabinete presidencial. “Usarei minha autoridade para antecipar as eleições para 14 de maio”, declarou o chefe de Estado durante um encontro com jovens na Província de Bursa, no noroeste do país.

As eleições para presidente e parlamentares da Turquia estavam marcadas para 18 de junho, mas Erdogan já havia sinalizado que a votação poderia ser antecipada. “Não se trata de eleições antecipadas, mas de um ajuste, para levar em conta a data dos exames escolares”, disse Erdogan ao confirmar a nova data.

As pesquisas de opinião mostram que as eleições parlamentares e presidenciais serão acirradas e marcarão o maior teste de Erdogan em suas duas décadas no comando da potência militar regional, membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte e importante economia do mercado emergente.

Erdogan anunciou sua candidatura à própria sucessão na próxima eleição. A Turquia atravessa uma grave crise econômica, com uma inflação de mais de 80%, a mais alta em duas décadas. A primeira queda em 18 meses foi registrada em novembro do ano passado. Apesar da baixa, a inflação do país ainda está muito acima da meta estabelecida pelo Banco Central do país.





Source link

Comente a matéria: