O vereador Josmá Oliveira, PL, cumprindo seu papel de legislador do município, funcionário do povo, vem solicitando, da tribuna da Câmara Municipal e de dezenas de requerimentos, mais agilidade e empenho do poder executivo, no sentido de dar andamento às inúmeras obras inacabadas e algumas não iniciadas pelos órgãos ou Secretarias competentes da edilidade.


Nesse sentido, enumerou Josmá Oliveira alguns desses trabalhos e construções.
“Vejam bem os patoenses, o prefeito Nabor Wanderley se vê como dono da prefeitura, sem nenhuma obrigação ou satisfação a dar à população, inclusive aos eleitores que nele confiaram. E isso podemos observar diante dos nossos olhos, através das diversas atividades por exercer por parte do poder público municipal. E aí podemos notar um Teatro que era para ter sido inaugurado na gestão de Chica Mota, entregue às baratas, embora mais verbas tenham sido carreadas do governo federal; o Rivaldão, Praça de Esportes que servia aos jovens e adultos, hoje relegado ao abandono. E o que não dizer da Alça Sudeste, local de trânsito de veículos e pedestres também com mais recursos conseguidos através do governo Bolsonaro, sem perspectivas de entrega; o Acesso ao Bairro dos Estados, as Calçadas da Miguel Mota, tudo caminhando a passos de tartaruga e sem sabermos quando o senhor prefeito vai iniciar a sua gestão, haja vista que até o momento fez somente a parte de seus afilhados políticos, esquecendo-se que foi eleito para trabalhar, para ser útil a uma gente que sempre foi generosa com sua pessoa.


Estamos num ano eleitoral e nós aproveitamos para lhe fazer um desafio, que é, a exemplo do governo estadual, de mostrar algo realmente capaz de justificar quase dois anos do atual mandato. E se assim não for feito, apelaremos novamente aos colegas vereadores e, se necessário, ao Ministério Público, para que providências possam ser tomadas, visando o bem da coletividade patoense!”

  • O site mnegreiros.com reserva o espaço para a administração se manifestar, caso queira.

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: