De volta às novelas depois de um longo tempo afastada da TV (o último trabalho foi em “O Sétimo Guardião”, em 2018), Carolina Dieckmann, mudou o visual e adorou o cabelo curto para entrar no universo da advogada Lumiar, de “Vai na Fé”.

“Agora, eu só lavo o cabelo com sabonete. Por ser muito liso, é difícil dar volume. Como o sabonete não tem emolientes, consigo essa textura, dar um aspecto mais rústico ao cabelo”, conta a atriz.

Leia também: Os segredos de Deborah Secco para manter o corpo em forma

O retorno ao mundo dos folhetins veio na hora certa. Carolina conta que a possibilidade de fazer um trabalho diferente de tudo o que interpretou até aqui foi fundamental para dar vida à Lumiar, em “Vai na Fé”.

“Uma das característica nessa trama que me chamou a atenção foi o fato de a personagem não desejar ter filhos. Isso é algo que sempre tive muita dificuldade de entender, não de entender na teoria, mas na prática. Como é o que sente uma mulher que não quer ser mãe, já que eu sempre senti a maternidade tão aflorada? Isso me chamou muita a atenção na Lumiar”, conta Carolina Dieckmann.

Vida de casada

Apaixonada por Tiago Worcmann, a atriz, que desde 2016 estava morando em Miami, nos Estados Unidos, mantém uma base no Rio de Janeiro, onde irá ficar por conta da novela. Ela afirma que na hora que teve que tomar a decisão de se mudar, não pensou duas vezes e encarou o desafio. Quando decidi ir, foi para valer. “E confesso que valeu cada dia da minha entrega. Hoje, nossa relação é abençoada por termos ficado mais unidos, senti que cresci. Foi bom ter dado esse respiro, olhar para a minha história”, afirma.

E ainda diz: “Quando decidi ir, foi para valer. E confesso que valeu cada dia da minha entrega. Hoje, nossa relação é abençoada por termos ficado mais unidos, senti que cresci. Foi bom ter dado esse respiro, olhar para a minha história. Trabalho desde os 13 anos e que bom que tive a coragem e a sorte de ter esse parceiro incrível. Amo muito o Tiago, escolho estar com ele todos os dias e investir na nossa relação. Não me imagino com nenhum outra pessoa e vivo o amor de maneira plena e emocionante”.

Papo franco

Mãe de José e Davi, Carolina conta que em casa fala sobre tudo com os filhos, ainda mais em tempos de uma sociedade tão machista.

Acho que essa geração já está se ajudando. Temos menos trabalho como pais ao ter que desconstruir coisas porque eles já pegaram o mundo diferente. Já lidam com questões como racismo e gênero de forma diferente. Em casa, discutimos de forma aberta sobretudo. É importante isso e outros assuntos serem falados”, explica.

Como o tema da nova novela aborda a crença, Carolina deixa claro que a sua fé é no amor. Amo as pessoas com que me relaciono, é isso que me chama atenção na vida. Fé, acima de tudo, é muito particular. Eu sou essencialmente ecumênica, acho tudo possível. O que me move é a fé no amor”, finaliza.

Source link

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: