Cristiano Ronaldo voltou a protagonizar um jogo do Manchester United na última quarta-feira, 19 – mas não por gols decisivos, como foi costume ao longo de sua brilhante carreira. O motivo dos holofotes foi mais um caso de indisciplina do atacante de 37 anos, que decidiu abandonar o estádio de Old Trafford aos 44 minutos do segundo tempo da vitória por 2 a 0 sobre o Tottenham, antes mesmo de a partida terminar.

Assine #PLACAR por apenas R$ 9,90/mês. Não perca!

Ao ver que, pela segunda vez na temporada, não seria utilizado pelo técnico Erik ten Hag, Cristiano simplesmente se levantou do banco de reservas e foi embora pelo túnel. Segundo o portal The Athletic, o português nem sequer esperou pelos colegas no vestiário e deixou imediatamente o estádio. Questionado sobre a atitude do camisa 7, o treinador disse que “lidaria com isso depois”.

Não é a primeira vez que Ronaldo vai embora de um jogo antes do fim. Na pré-temporada, ele foi filmado, ao lado de outros jogadores, deixando Old Trafford enquanto o time disputava o segundo tempo do amistoso contra o Rayo Vallecano. Na ocasião, Ten Hag repreendeu Cristiano publicamente e cobrou mais espírito de grupo, mas também frisou que ele não havia sido o único atleta envolvido.

Depois de ser o artilheiro do United na temporada passada, com 24 gols em 39 jogos, o português surpreendeu ao decidir deixar o clube no meio deste ano. Seu agente, Jorge Mendes, procurou clubes que disputariam a Liga dos Campeões para tentar viabilizar uma transferência, mas foi rejeitado publicamente por equipes como Bayern de Munique, Atlético de Madri e Chelsea. O jogador chegou até a retardar sua reapresentação ao clube inglês, alegando problemas pessoais, mas acabou ficando a contragosto após não conseguir encontrar um comprador.

Na atual temporada, Cristiano Ronaldo soma 12 jogos e dois gols. Foi titular apenas seis vezes, sendo quatro delas na Liga Europa, e acabou substituído em duas dessas partidas. Ten Hag tem preferido atacantes mais jovens, como Marcus Rashford e Anthony Martial. E os números mostram que, sem o veterano em campo, o Manchester United corre em média 10 km a mais por jogo na Premier League, segundo dados da Sky Sports.

Com toda uma imagem esportiva construída em cima de valores como profissionalismo, liderança e trabalho duro, Cristiano tem dado sinais no sentido inverso desde que foi obrigado a cumprir seu último ano de contrato com o United. Ao não aceitar bem a condição de reserva, o astro português acabou até ofuscando o melhor jogo do time na temporada. Resta saber se ele suportará mais seis meses após a disputa da Copa do Mundo – ou se a janela de transferências de janeiro reservará uma nova surpresa para um dos maiores jogadores da história do futebol.

Ainda não assina Star+?! Clique aqui para se inscrever e ter acesso a jogos ao vivo, séries originais e programas exclusivos da ESPN!

Continua após a publicidade



Source link

Comente a matéria: