Várias cidades europeias viram milhares de pessoas manifestarem-se contra as restrições por causa da pandemia. Em Paris, os protestos foram contra o facto de a terceira dose ser obrigatória para ter acesso ao “passe sanitário”, documento que permite aceder à maioria dos locais públicos.
Publicidade 
Em Itália os manifestantes juntaram-se em Roma para protestar contra as medidas de confinamento decretadas pelo governo, denunciando um ataque às liberdades individuais.

O mesmo motivo levou milhares de pessoas para as ruas em várias cidades da Alemanha.



Com informações de RTP

Comente a matéria: