Aliado de Lula, o ministro da Fazenda do governo Temer, Henrique Meirelles, reconheceu que o presidente Jair Bolsonaro tem chances de ganhar no segundo turno. Meirelles, que foi presidente do Banco Central de Lula, fez ainda uma previsão pessimista sobre um eventual terceiro governo do petista.

“Se considerarmos o atual programa de governo de Lula, isso será uma má notícia”, disse Meirelles, em um documento a investidores obtido pelo site Poder 360. “O plano foi preparado levando em conta uma visão similar à do terceiro governo do PT, a administração de Dilma, porque quem desenvolveu esse programa foi um grupo de economistas que acredita fortemente no papel do Estado e de estatais com indutoras do desenvolvimento econômico.”

Meirelles participou de uma conferência telefônica da consultoria Eurasia. Não está claro no relatório da empresa quando foi a conversa.

Na conversa, reafirmou que apoia o petista, mas não se mostrou convicto sobre a possibilidade de vitória do PT. Disse que há chances de reeleição de Bolsonaro. “Lula é favorito, mas ainda acho que Bolsonaro pode vencer”, afirmou. Na avaliação do ex-ministro, há dúvidas sobre o que Lula decidirá fazer na economia, caso eleito. Ele afirmou que houve grande variação nessa área nos mandatos de Lula e de sua sucessora, Dilma.

Meirelles falou também sobre outros economistas que apoiam o petista: “Há um outro grupo que apoia Lula”, observou. “É um grupo mais liberal, no sentido europeu do termo e não o usado nos EUA, que se preocupa mais com responsabilidade fiscal e sustentabilidade da dívida. Esse grupo apoia a ideia de aumentar as despesas do governo além do teto como forma de promover crescimento e quer uma autorização do Congresso”.

Leia também: “A batalha de Minas”, artigo de Augusto Nunes e Silvio Navarro publicado na Edição 134 da Revista Oeste





Source link

Comente a matéria: