Depois de fazer uma enquete sobre a volta de contas banidas da plataforma, o dono do Twitter, Elon Musk, anunciou na quinta-feira 24 que os perfis anteriormente excluídos serão reativados.

Na enquete, levada ao ar na quarta-feira 23, em que votaram mais de 3 milhões de usuários, 72% se manifestaram pela anistia e retorno das contas.

Com a enquete encerrada, Musk postou: “O povo falou. A anistia começa na próxima semana. Vox Populi, Vox Dei”, usando a expressão latina para dizer “A voz do povo é a voz de Deus.”

Com isso, os perfis que sofreram penalidades pela rede social voltarão a ser ativados, desde que não tenham infringido a lei ou enviado um spam ultrajante.

Há uma semana, na sexta-feira 18, Musk anunciou o retorno de algumas contas anteriormente banidas, como as do psicólogo clínico Jordan Peterson, da comediante Kathy Griffin e do portal de notícias e sátira conservadora The Babylon Bee.

Em seguida, fez uma enquete, para perguntar sobre o retorno do ex-presidente norte-americano Donald Trump à plataforma. Com o resultado, o perfil do republicado foi reativado. Mas Trump disse que não pretende voltar ao Twitter.

O ex-presidente foi banido permanentemente do Twitter em 8 de janeiro de 2021, dois dias depois que apoiadores do Partido Republicano invadiram o Congresso dos Estados Unidos. A plataforma justificou o banimento afirmando que houve análise criteriosa dos tuítes de Trump e que constatou “risco de mais incitações à violência”. Trump, que apontou a existência de fraude nas eleições norte-americanas em favor de Joe Biden, também teve as contas suspensas em outras redes sociais.





Source link

Comente a matéria: