Diocese reage: “Parem de incomodar nossa vida. Trabalhemos em paz! Libertem o bispo, os padres e os leigos – e o Senhor terá misericórdia de vocês, caso se convertam de coração”

Apenas 5 dias após prender o bispo de Matagalpa, dom Rolando Álvarez, a ditadura da Nicarágua fechou mais uma emissora católica: a Rádio Stereo Fe, da diocese de Estelí. Trata-se da sexta emissora católica de rádio fechada pelo regime esquerdista de Daniel Ortega, ex-guerrilheiro que, somando os seus diversos mandatos, já acumula 29 anos no poder.

A emissora, por sua vez, tinha 27 anos de existência. Sua página no Facebook recordou o fato ao anunciar a determinação arbitrária imposta pela ditadura:

“Quase 28 anos de evangelização radiofônica via FM terminaram hoje. Hoje tivemos a visita dos senhores do TELCOR (Instituto Nicaraguense de Telecomunicações e Correios), Manágua. Eles nos entregaram a notificação informando que nossa rádio deve ser desligada imediatamente”.

A alegação do regime de Ortega para fechar a emissora é que “a rádio funciona com uma licença expedida em nome do padre Francisco Valdivia e o novo diretor não tem nenhuma permissão”.

A rádio contesta registrando que já teve “vários diretores” depois do pe. Francisco Valdivia, já falecido, e acrescenta que, ao longo dos seus quase 28 anos no ar, nunca tinha sofrido “nenhum problema” relacionado com a licença de funcionamento.

Na semana passada, o clero da diocese de Estelí tinha publicado uma nota exortando o regime de Daniel Ortega à “conversão” e pedindo:

“Parem de incomodar nossa vida. Trabalhemos em paz! Libertem o bispo, os padres e os leigos – e o Senhor terá misericórdia de vocês, caso se convertam de coração”.

A mensagem se refere à prisão arbitrária de dom Rolando Álvarez e de mais sete pessoas da sua diocese, entre padres, seminaristas e leigos.

Mesmo após o fechamento, a rádio voltou a divulgar comunicado público repudiando a determinação da ditadura e condenando “o fechamento de nossa rádio”. A nota acrescenta que, apesar do fechamento, “continuaremos evangelizando em nossas redes sociais e em todos os outros meios que a tecnologia nos oferece. Não nos desanimemos e continuemos unidos em oração”.

Por Aleteia

By Marcelo Negreiros

Jornalista militando na profissão desde 1985, trabalhando nas TVs Paraíba e Cabo Branco, afiliadas Rede Globo na Paraíba, durante 15 anos. Diplomado em 2001 pelas Faculdades Integradas de Patos.

Comente a matéria: